sábado, 30 de junho de 2012

SÉRIE C começa com regulamento alterado por liminar do Treze

Com mais de um mês de atraso, Série C começa ainda sob ameaça

Serão quatro partidas neste sábado, pela primeira rodada

Depois de mais de um mês adiada por imbróglios jurídicos, finalmente a Série C do Campeonato Brasileiro terá início. Serão realizadas, nesta primeira, rodada quatro partidas neste sábado, cinco no domingo e uma na segunda-feira. Brasiliense e Vila Nova são as duas únicas equipes que já conquistaram o título da terceira divisão nacional e que irão disputar a competição neste ano.

O campeonato era para ter início no dia 25 de maio deste ano, mas devido a uma liminar impetrada pelo Santo André, a competição foi adiada. O time do ABC paulista disputava uma vaga na competição com o Brasil de Pelotas, que no fim das contas teve que disputar a Série D do Brasileirão.

Uma outra vaga na competição foi disputada por três clubes: Rio Branco-AC, Treze e Araguaína-TO. O time paraibano e tocantinense brigavam para obter a vaga do Rio Branco, que usou a justiça comum no ano passado, mas que foi punido.

Ao decorrer do processo, o Araguaína desistiu da vaga e se contentou com a Série D. Já o Treze, por ordem jurídica, conseguiu ser incluso na competição. ainda briga pela vaga na terceira divisão.

Os times do Icasa-CE, Vila Nova-GO, Salgueiro-PE e Duque de Caxias-RJ irão disputar a competição neste ano por terem sido rebaixados da Série B do Brasileirão do ano passado. Já Tupi-MG, Santa Cruz, Oeste e Cuiabá-MT disputarão a competição pelo acesso da Série D. O time mineiro foi o grande campeão da competição do ano passado.

Regulamento
O regulamento deste ano prevê quatro fases do campeonato. Na primeira, serão 21 clubes divididos em dois grupos. Os quatro melhores classificados de cada grupo serão classificados para as quartas de final da competição, onde o primeiro colocado do Grupo A enfrentará o quarto colocado do Grupo B e vice-versa, em jogos de ida e volta. Quem passar desta fase se classificará para as semifinais e garantirá o acesso à Série B do Brasileirão de 2013.

Grupo A
1º    Águia Marabá/PA
2º    Cuiabá/MT
3º    Fortaleza/CE
4º    Guarany (S)/CE
5º    Icasa/CE
6º    Luverdense/MT
7º    Paysandu/PA
8º    Rio Branco/AC
9º    Salgueiro/PE
10º    Santa Cruz/PE
11º    Treze/PB

Grupo B
1º    Brasiliense/DF
2º    Caxias/RS
3º    Chapecoense/SC
4º    Duque de Caxias/RJ
5º    Macaé/RJ
6º    Madureira/RJ
7º    Oeste/SP
8º    Santo André/SP
9º    Tupi/MG
10º    Vila Nova/GO

sexta-feira, 29 de junho de 2012

STJD - Presidenta da Comissão Disciplinar adia punição aos clubes

Processos de Brasil/RS e Treze/PB são retirados de pauta no STJD

Quarta Comissão
entendeu que, com o imbróglio ainda em curso, não seria prudente julgá-los agora
 
Renata Quadros - STJD
Não foi nesta sexta-feira, dia 29 de junho, que o Treze/PB e o Brasil de Pelotas/RS foram julgados no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta do imbróglio envolvendo as Séries C e D e a Justiça Comum. A presidente da Quarta Comissão Disciplinar, Renata Quadros, anunciou logo no início da sessão, nesta tarde, que os processos foram retirados de pauta. O entendimento é que o problema ainda está em curso e que não seria prudente julgar nesta ocasião. Os processos permanecerão na mesma comissão, mas ainda sem nova data definida para serem julgados.

Enquanto isso, a Série D já tem bola rolando, enquanto a Terceira Divisão está prevista para começar neste sábado, dia 30. Mas o Treze ainda busca sua vaga na competição. A imprensa paraibana noticiou ainda na noite desta última quinta-feira que o clube obteve uma nova liminar, novamente exigindo que a CBF o inclua na disputa. A entidade pagou a multa total imposta pela Justiça da Paraíba em liminar anterior no “caso de descumprimento”. Dessa vez, a nova liminar não teria teto máximo para esta multa.

Entenda o caso:

Para ficar com a vaga do Rio Branco/AC na Série C, o Treze procurou a Justiça da Paraíba pleiteando que a CBF fosse obrigada a incluir o clube na competição. A ação tem como pólo passivo a Federação Paraibana de Futebol, mesmo sendo a CBF a organizadora da competição e com foro no Rio de Janeiro. E na Justiça estadual, o Treze conseguiu uma liminar que ainda sustenta.

Assim como o Treze, o Brasil de Pelotas também decidiu procurar a Justiça Comum, no caso, a Justiça do Rio Grande do Sul, também colocando como pólo passivo a Federação Gaúcha de Futebol. O pleito é pela vaga do Santo André, clube que, na verdade, ficou com a sua vaga depois que o Brasil/RS perdeu pontos por escalação irregular. Mas depois de conseguir uma liminar, o clube a viu ser cassada, e já disputa a Série D.

A Procuradoria do STJD denunciou ambos os clubes com base no artigo 191 III (deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento: de regulamento, geral ou especial, de competição) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), em que a pena é de multa que varia de R$ 100 a R$ 100 mil.

A denúncia ainda informa que, com base no parágrafo segundo do artigo 191, “se a infração for cometida por pessoa jurídica, além da pena a ser-lhe aplicada, as pessoas naturais responsáveis pela infração ficarão sujeitas a suspensão automática enquanto perdurar o descumprimento”. Nesse caso, os presidentes de Treze e Brasil de Pelotas podem ser punidos também.

Os dois clubes e seus responsáveis ainda foram enquadrados no artigo 191 II (deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento: de deliberação, resolução, determinação, exigência, requisição ou qualquer ato normativo ou administrativo do CNE ou de entidade de administração do desporto a que estiver filiado ou vinculado) do CBJD, com a mesma pena do artigo anterior, já citado.

Após o julgamento, a Procuradoria ainda pede que sejam extraídas cópias dos autos e encaminhadas ao Conselho Nacional de Justiça, “análise do expediente de falta de lealdade processual do denunciado, dentre outros aspectos, que culminam com decisões liminares expedidas por comarcas judiciais nos mais diversos Estados, porém contra a entidade maior do futebol, que amplamente consabido tem sede no Rio de Janeiro”.

Além de levar o caso a julgamento – ainda sem data marcada – no STJD, a Procuradoria também requer que seja expedido ofício à CBF para que adote as sanções cabíveis, inclusive sugere a suspensão de todas as atividades relacionadas a futebol em todo o território nacional por um prazo mínimo de um ano, com base em seus estatutos, normas internacionais e artigo 48 da Lei 9615/98.

No Justicadesportiva.com.br você acompanha as notícias do futebol brasileiro

TREZE estará com representantes no STJD nesta sexta



Treze decide comparecer ao julgamento desta sexta-feira no STJD
Procurador denuncia clube por ter ingressado na Justiça Comum. Galo pode ser suspenso de competições por um ano e ainda pagar multa

O Treze decidiu que vai mesmo participar do julgamento desta sexta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O advogado do clube, George Ramalho Júnior, prometeu, inclusive, que o presidente Fábio Azevedo também estará presente na sessão que deve começar às 13h30.

Até a tarde de quinta-feira, a diretoria alvinegra ainda não sabia se iria comparecer ao STJD. Isto porque, de acordo com George Ramalho Júnior, estava claro que o julgamento de hoje foi “fabricado” para que o time de Campina Grande seja punido por causa da ação judicial que moveu na Justiça Comum.

Por achar que se trataria de uma “retaliação” para forçar mais uma vez o Treze a retirar a ação que culminou na liminar que garante o time de Campina Grande na Série C, o advogado galista disse, na manhã de ontem, que estudaria a denúncia do procurador Paulo Schmitt para saber se o julgamento seria “interessante do ponto de vista jurídico” para o clube.

O julgamento

Na última terça-feira, o STJD acatou a denúncia apresentada pelo procurador Paulo Schmitt contra Treze e Brasil de Pelotas por desrespeitarem o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A ação vai ser inicialmente julgada pela Quarta Comissão Disciplinar do órgão.

O procurador cita inicialmente os incisos segundo e terceiro do artigo 191 do CBJD, que fala em punir equipes que venham a "deixar de cumprir deliberação, resolução, determinação ou requisição do Conselho Nacional de Esporte (CNE), ou de entidade de administração do desporto".

Paulo Shimitt exige também a retirada imediata dos processos sob pena de multa e suspensão dos dirigentes, além de sugerir suspensão dos clubes por pelo menos um ano de quaisquer atividades relacionadas ao futebol, nos termos do artigo 48 da Lei Pelé que, contudo, prevê penas mais pesadas, incluindo a desfiliação, decisão que só pode ser tomada pela CBF e pelas respectivas federações. As multas previstas são de R$ 100 mil, mas o valor pode aumentar caso os clubes sejam condenados nos dois artigos.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Interdição do Beira-Rio: liminar será apreciada nesta sexta




O Inter aguarda para esta sexta-feira a liberação do Beira-Rio. Os advogados do clube ingressaram no Tribunal de Justiça através de um agravo de instrumento com pedido de liminar à decisão do juiz João Ricardo dos Santos Costa, que havia interditado o estádio para jogos do Brasileirão. A direção buscou o recurso depois de ver esgotadas as conversas com o Ministério Público, que pediu a interdição do estádio e rejeitou as sugestões do clube para a reabertura do Beira-Rio. O Inter tem prazo até as 18h para informar à CBF o local da partida contra o Cruzeiro, no dia 7.

Há otimismo quanto a liberação do Beira-Rio - possivelmente apenas do anel superior, mantendo a inferior fechada -, mas, caso os colorados não obtenham a liminar, a alternativa imediata será mandar a partida contra o time de Celso Roth para Bento Gonçalves, na Montanha dos Vinhedos, o estádio do Esportivo, que tem capacidade para 18 mil torcedores. Em meio à interposição do recurso, o Inter ainda teve negado o pedido de revisão da decisão, encaminhado ao juiz Costa.

- Tendo em vista a postura do Ministério Público, de não transigir por qualquer forma, assim como a manutenção pelo juiz da decisão que decretou a interdição do estádio, a nossa alternativa foi interpor o recurso ao Tribunal de Justiça - disse o advogado do Inter Mauro Glashester.

Blog Dupla Explosiva

Fifa autoriza clubes a terem até 12 jogadores no banco de reservas

Medida, que entra em vigor em 2013, substitui o regulamento que permitia sete suplentes

Os próximos campeonatos de futebol terão uma inovação autorizada pela Fifa. Nesta quinta-feira, a entidade aprovou a permanência de até 12 jogadores no banco de reservas, substituindo a antiga lei que liberava a presença de apenas sete na lateral do campo. No entanto, esta medida só valerá no Brasil a partir de 2013.

Mesmo com mais opções à sua disposição, os treinadores só poderão mexer na equipe três vezes. A Fifa preferiu não alterar a regra e informou as federações de futebol que as novas alterações valerão a partir do dia 1 de julho. Com isso, a temporada europeia poderá começar já com a presença de mais suplentes no banco de reservas.

As equipes também receberam outra notícia inovadora da Fifa. Os times agora poderão entrar em campo com uma escalação diferente da que é anunciada anteriormente ao árbitro. O juiz responsável pela partida terá de identificar quais foram as mudanças em campo e alertar os seus assistentes antes do confronto.

Outras mudanças foram mais burocráticas. Os chutes no reinício com bola ao chão não valerão mais como gol. Caso a bola balance as redes, o árbitro poderá marcar tiro de meta ou escanteio. Já as publicidades terão de ser colocadas a pelo menos um metro de distância da linha do campo, enquanto os jogadores estão proibidos de usar cintas adesivas com cores diferentes dos seus respectivos uniformes.

Gazeta Press

SÉRIE C poderá virar Caso de Polícia !!!

Justiça da PB autoriza intervenção policial caso Série C comece sem o Treze
A CBF anunciou o início da competição para este final de semana

Mesmo após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ter anunciado, nesta quinta-feira, o início da Série C sem o Treze, o time paraibano conseguiu mais uma vitória na Justiça Comum. 

O juiz paraibano Falkandre Queiroz deferiu um pedido de liminar para que o clube seja incluso na competição, podendo até ser utilizada força policial caso o certame comece sem a equipe.O pedido interposto pelo Treze, na 1ª Vara Cível de Campina Grande, foi contra a CBF, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e o Rio Branco, e ainda cita a possibilidade de “intervenção policial em casos necessários”, se a competição ter início neste final de semana.

No documento, o juiz ordena que todos os órgãos estaduais e agremiações esportivas que administrem estádios de futebol se abstenham de autorizar, de qualquer forma, a realização de jogos pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O juiz paraibano ainda aumento a multa diária caso a ordem judicial seja desobedecida. Tanto CBF, quanto STJD e Rio Branco terão que desembolsar R$ 100 mil diários caso a terceira divisão nacional comece sem o time da Paraíba. Além disso, foram impostos R$ 5 mil para cada dia de atraso no descumprimento da ordem.

GE BRASIL não teme punição do STJD

   Segundo o advogado Alexandre Borba, que representará o Brasil junto com o departamento jurídico do clube no julgamento de amanhã no STJD, afastau qualquer possibilidade de o clube ser suspenso de competições oficiais:
 
       “Olha, no nosso entendimento há risco de multa pecuniária, mas suspensão do clube não, até porque o Brasil tem uma liminar que o defende nesse aspécto. Mas a multa é uma coisa que pode acontecer sim. Já suspensão, se acontecer é só com o presidente do clube. Caso aconteça, ele fica proibido de ter as atribuições de dirigente, como assinar contratos, documentos, dar entrevistas em nome do clube e coisas do gênero.”
 
        O julgamento do Brasil e do Treze, da Paraíba, ocorre nesta sexta-feira, á partir das 13:00 na sede do STJD.
 
Pauta do STJD - sexta feira 29/09/2012
6. PROCESSO Nº 34/2012 – Denúncia – Denunciado: Treze FC, incurso
no Art. 191 inciso III § 2º do CBJD. - AUDITOR RELATOR DR.
WASHINGTON OLIVEIRA.

7. PROCESSO Nº 35/2012 – Denúncia – Denunciado: Grêmio Esportivo
Brasil, incurso no Art. 191 inciso III § 2º do CBJD. - AUDITOR RELATOR
 
DR. PAULO BRACKS.
Rio de Janeiro, 26 de junho de 2012.
André Luiz B. da Silva
Secretário

CÓDIGO BRASILEIRO DE JUSTIÇA DESPORTIVA

TÍTULO VIII
DAS INFRAÇÕES REFERENTES À ORGANIZAÇÃO, À ADMINISTRAÇÃO DO DESPORTO E À COMPETIÇÃO
 
CAPÍTULO I
DAS INFRAÇÕES REFERENTES ÀS ENTIDADES DE ADMINISTRAÇÃO DO DESPORTO, ÓRGÃOS PÚBLICOS DO DESPORTO E Á COMPETIÇÃO
 
Art. 191. Deixar de cumprir deliberação, resolução, determinação ou requisição do Conselho Nacional de Esporte (CNE), ou de entidade de administração do desporto.
 
PENA: suspensão de trinta(30) a cento e oitenta(180) dias, sem prejuízo de obrigação de cumprimento, no prazo que for fixado, sob pena acessória de suspensão automática até que o faça.

George Lucas é apresentado no Ituano

Revelado pelo Grêmio, lateral disputou Gauchão pelo Pelotas

Após o jogo treino com o São Bento, foi apresentado á imprensa o lateral direito George Lucas. Ele jogou o último Campeonato Gaúcho pelo Pelotas. Com 28 anos, George Lucas começou no Grêmio de Porto Alegre em 2002. Em 2005 defendeu o Atlético-MG e no ano seguinte foi para o Celta de Vigo onde jogou por 3 temporadas. 

Em 2009 foi contratado pelo Santos onde trabalhou com o técnico Marcelo Martellote. Depois do Santos, George Lucas (foto) jogou no Sporting Braga onde chegou à final da Copa Uefa. No ano passado retornou ao Brasil contratado pelo Avaí. 

– Quero fazer uma boa Copa Paulista e depois dar continuidade no Campeonato Paulista. É um clube com pessoas sérias no comando e isto é muito importante no futebol atual. Quero ajudar com minha experiência esta equipe jovem do Ituano – afirmou George Lucas que já poderá participar do jogo treino de sexta contra o Grêmio Osasco. 

– Já tinha trabalhado com o George no Santos. Sei da qualidade dele e o que ele pode trazer para a nossa equipe com a experiência que ele tem de Europa – afirmou Martellote.

ZH Esportes

SÉRIE C - AGORA VAI !!! CBF oficializa início da competição

STJD despacha documento e CBF confirma inicio da Série C

Após muita negociação, a CBF enfim divulgou tabela de jogos da Terceira Divisão

Depois de muita briga judicial, enfim a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pôde confirmar o inicio do Campeonato Brasileiro da Série C para o próximo final de semana. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aceitou, nesta quinta-feira, pedido do Santo André e despachou o documento que pedia o início imediato da competição.

 
A CBF divulgou a primeira rodada sem a presença do Treze. Clube paraibano ainda não retirou ação na Justiça Comum e é o principal responsável pelo adiamento do campeonato dentro do último mês. Em compensação, o Rio Branco, que poderia ficar de fora por causa do Treze, está confirmado e jogará no domingo, em casa, diante do Salgueiro.

No documento em que despachou nesta quinta-feira, o STJD comunica que a CBF depositou cerca de R$ 2,5 milhões ao Treze, por não cumprir ordem do Tribunal de Justiça de Campina Grande por sua inclusão na Terceira Divisão. Se punido pelo Superior nesta sexta-feira, clube paraibano terá que devolver a quantia para a entidade máxima do futebol brasileiro.

Sobre os jogos, a CBF confirmou quatro jogos para sábado (todos do Grupo B): Madureira x Brasiliense, Santo André x Chapecoense, Tupi x Duque de Caxias e Vila Nova x Oeste. Ainda nesta chave, Caxias x Macaé se enfrentam no domingo. Aliás, no segundo dia de jogos jogam: Santa Cruz x Guarany, Cuiabá x Icasa, Fortaleza x Águia e Rio Branco x Salgueiros, todos do Grupo A. Paysandu e Luverdense encerram a primeira rodada na segunda-feira.

Brigas na Justiça e punição a vista

O adiamento da Série C aconteceu depois que o Treze acionou a Justiça Comum, reivindicando uma vaga no Grupo A da Terceira Divisão. Paraibanos queriam a vaga do Rio Branco, clube que conquistou dentro de campo a possibilidade e entrar em campo pela Divisão nesta temporada. Ainda nesta briga, o Araguaína foi outro que tentou roubar a vaga do clube acreano, mas sem sucesso, se contentou em disputar o Campeonato Brasileiro da Série D.
E as brigas na Justiça não pararam por ai. O Brasil de Pelotas, rebaixado no ano passado por escalar um jogador de forma irregular, também acionou a Justiça local para jogar a Série C. A princípio o clube até conseguiu liminar de inclusão, quem mais tarde seria cassada e não teria mais nenhuma validade. Com isso, o Santo André foi outro que, por mérito em 2011, continua como representante paulista.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Por que se deve ficar atento à CBF ? Li o Juca ...

OAB do Rio se manifesta sobre Marin

O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous,  após ler no blog a nota  - “Por que Dilma não recebe Marin” - emitiu a nota seguinte:

O futebol brasileiro é campeão graças ao talento de seus atletas e do que eles fazem dentro do campo.

Fora dele, é um verdadeiro desastre já que boa parte de seus mandatários é composta por carreiristas, negocistas e, agora até, por dedos duros.

Já está na hora de a CBF e as federações de futebol serem regidas por lei, onde se garantam a democracia e a rotatividade no poder e induza a que somente os verdadeiros amantes do esporte se tornem dirigentes.

O futebol brasileiro merece.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Brasil e Treze serão julgados pelo STJD nesta sexta-feira

Os dois clubes poderão ficar fora de competições oficiais por dois anos

Campinas, SP, 26 (AFI) - Um reunião para definir a punição para Treze e Brasil de Pelotas foi marcada para esta sexta-feira, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Os casos serão julgados na Quarta Comissão Disciplinar, às 13h, no Rio de Janeiro.

Os dois clubes poderão sofrer punição severa do STJD e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por terem entrado na Justiça Comum para serem inclusos na Série C do Campeonato Brasileiro. Como os dois clubes ainda não retiraram suas ações da justiça, a terceira divisão do Brasileirão ficou adiada por mais duas semanas, gerando mais prejuízos aos clubes.

Se punidos pela comissão disciplinar, Brasil de Pelotas e Treze correm risco de ficar sem jogar por dois anos. Além disso, pela Fifa a dupla poderia ser desfiliada por ter acionado a Justiça Comum, ignorando assim as entidades desportivas do país.

Outro fato que preocupa os times é que as agremiações que não tinham nada a ver com a história, e que hoje acumulam prejuízo, irão querer ser ressarcidas. 

Resta saber: Quem assumirá a culpa?

Art. 48 da Lei Pelé - Lei 9615/98


Lei nº 9.615 de 24 de Março de 1998

Art. 48. Com o objetivo de manter a ordem desportiva, o respeito aos atos emanados de seus poderes internos, poderão ser aplicadas, pelas entidades de administração do desporto e de prática desportiva, as seguintes sanções:

I - advertência;
II - censura escrita;
III - multa;
IV - suspensão;

CLÁUDIO , o Lateral - " Por Onde Andava" ?


Cláudio Roberto Siqueira Fernandes Filho

Ficha Técnica
Nome: Cláudio Roberto Siqueira Fernandes Filho
Posição: Lateral-direito
Data de Nascimento: 21 de junho de 1980
Naturalidade: Londrina-PR
Carreira
  Atlético-PR – 1999/2001
  Goiás-GO – 2001
  Atlético-PR – 2001/2002
  Iraty-PR – 2002/2004
  Paraná-PR - 2004
  Internacional de Limeira-SP - 2005
  Paysandu-PA – 2005
  CSA-AL - 2006
  Ituiutaba-MG – 2006
  Atlético - 2006/2008
  Atlético-GO - 2008
  Ipatinga-MG - 2009
  ABC-RN - 2010
  Ituiutaba-MG – 2010
  América-SP - 2011
  Brasil de Pelotas-RS - 2011
  Operário Ferroviário-PR - 2012


Seu último Jogo foi pelo Campeonato Paranaense , em 29/02/2012. Por coincidência, Claúdio estava no banco de reservas, com a camiseta 14(mesmo número da expulsão na Série C 2010, pelo Ituiutaba-MG), mas dessa vez nem atuou na partida.

Confira a súmula oficial 

Brasil de Pelotas e Treze correm risco de ficar sem jogar por dois anos.


Série C: STJD determinará nesta 2.ª comissão que julgará Brasil e Treze

Dupla segue com ações na Justiça Comum e poderá ser punida pelo Supremo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) está cansado do imbróglio que paralisou o Campeonato Brasileiro da Série C e, nesta segunda-feira, definirá a comissão disciplinar responsável em julgar Brasil de Pelotas e Treze, clubes que, ao contrario de Rio Branco e Araguaína, seguem com ações na Justiça para ter condições de disputar a Terceira Divisão.

O presidente do STJD, Rubens Aprobatto, estará aprovando na tarde desta segunda-feira(25) o documento que libera a convocação dos juízes. Em seguida, o procurador geral da entidade, Paulo Schmidt, estará reunido com demais dirigentes para definir data e horário do julgamento, que terá dirigentes dos clubes, como os presidentes das federações locais, ou seja, paraibana e gaúcha.

Informações nos bastidores dão conta de o julgamento acontecerá na próxima sexta-feira, ou apenas na outra semana, fazendo assim com que o campeonato prossiga paralisado por mais uma semana. Lembrando que no próximo dia 27, fará um mês que a bola não pode rolar na Divisão.

Se punidos pela comissão disciplinar, Brasil de Pelotas e Treze correm risco de ficar sem jogar por dois anos. Além disso, pela Fifa a dupla poderia ser desfiliada por ter acionado a Justiça Comum, ignorando assim as entidades desportivas do país. Outro fato que preocupa os times é que as agremiações que não tinham nada a ver com a história, e que hoje acumulam prejuízo, irão querer ser ressarcidas. Resta saber: Quem assumirá a culpa?

segunda-feira, 25 de junho de 2012

PESQUISA de atletas evitou outro 'Caso Cláudio' no Xavante

Gerente de Futebol Lúcio Collet

Havia atleta expulso na Série C de 2009 - WENDER
 
Dentro do Bento Freitas, todo cuidado é pouco em relação à suspensões em campeonatos passados depois do “Caso Cláudio”. E por esse motivo, o volante Wender não jogou no domingo, quando o Xavante recebeu o Arapongas(PR), pela primeira rodada do Brasileirão Série D.
Wender
        Segundo o gerente de futebol rubro negro, Lúcio Collet, o clube recebeu um '' documento da CBF dizendo que não consta nenhuma suspensão para o atleta''. Mas o próprio Collet, fazendo um levantamento sobre todos os atletas, descobriu uma expulsão de Wender em 2009, no último jogo do Criciúma na Série C.
 
        Pelo fato de o atleta não ter disputado competições nacionais em 2010 e 2011, quando defendeu Ituiutaba e União Rondonópolis, respectivamente, a direção e comissão técnica, optaram por deixar o atleta de fora, para não haver nenhum problema.
 
Profissionalização é a solução
 
Dessa vez,o necessário foi feito. 
Parabéns ao Lúcio Collet! 
        

Ex atacante Xavante acerta com o Novo Hamburgo

Hyantony
A direção do Esporte Clube Novo Hamburgo anunciou no final da tarde desta sexta-feira, dia 22, a contratação do atacante Hyantony, 27 anos, que disputou a Divisão de Acesso de 2012 pelo Brasil de Farroupilha, e foi um dos artilheiros da competição com 16 gols.

O novo atacante anilado chega ao Vale para confirmar sua boa fase e ir em busca do título:
- É uma oportunidade muito boa em uma grande equipe, que sempre está indo bem nas  competições que disputa. Chego para confirmar a boa fase que tive na Divisão de Acesso e espero ajudar meus companheiros a buscar o título .

Além do Brasil de Farroupilha, Hyantony também já atuou no Caxias, Brasil de Pelotas, Rio Grande, Porto Alegre, Bragantino, Luverdense, Macaé e Canoas.

FICHA TÉCNICA
Nome: Hyantony do Nascimento Carvalho Canedo
Nascimento : 21/02/1985
Naturalidade: Rio de Janeiro-RJ
Posição: Atacante
Altura: 1,87m
Peso: 86kg
Clubes: Caxias, Brasil de Pelotas, Rio Grande, Porto Alegre, Bragantino, Luverdense, Macaé, Canoas e Brasil de Farroupilha.  

Assessoria do ECNH

GE BRASIL - Estréia na Série D não empolgou

Na abertura do Campeonato Brasileiro da Série D, Grupo A8, Brasil-RS e Arapongas-PR jogaram na tarde deste domingo, no Estádio Bento de Freitas, em Pelotas, e o placar final registrou o empate sem gols. Um bom resultado pra o time paranaense, dirigido pelo técnico Paulo Roberto Santos, muito conhecido no Interior de São Paulo.

Com o resultado, os dois times somam um ponto cada um. No outro jogo do grupo, o Metropolitano, fez a lição de casa e venceu a equipe do Juventude, por 2 a 1. Com isso, é o líder com três pontos ganhos. O Mirassol, que folgou na tabela e o JUV, não pontuam.

Morno
O primeiro tempo, o jogo foi bastante morno, onde uma equipe estudou a outra. No entanto, o time visitante foi mais valente e teve uma ótima oportunidade para abrir o placar. Aos 17 minutos, o Arapongas chegou com perigo. O volante Luís Mário, deu um passe açucarado para o atacante Fágner Azul, que na cara do gol ele e o goleiro, chutou fraco para a defesa de Luiz Miller.
Três minutos depois, o time da casa ameaçou a meta araponguense, num chute de Dione. A bola passou rente a trave. No último lance do primeiro tempo, Serginho Catarinense, aos 38 minutos, apareceu atrasado no lance num toque de Ferraz, o que levaria perigo para a meta do Brasil. 0 a 0.

Justo
Na etapa complentar, o jogo foi mais movimentado e aos seis minutos, o Brasil, quase fez num chute de fora da área, através de Alexandre, para uma grande defesa de Vinícius. Aos 10, Willian, cobrou escanteio pela direita, o zagueiro André Ribeiro, apareceu de surpresa e cabeceou rente ao travessão, levando perigo ao gol araponguense.
Aos 32 minutos, o Arapongão, com Edu Amparo, na entrada da área tocou para Rafael Mineiro, que tocou no canto do arqueiro Miller, que fez a defesa. Aos 42 minutos, o Arapongas teve boa chance para marcar com Fabinho, que desperdiçou chutando fraco.

Próximos Jogos
Pela segunda rodada, o Brasil, sai para encarar o Juventude, em Caxias do Sul, no próximo domingo, ás 16 horas. Já o Arapongas, no mesmo dia, ás 15h30, recebe no Estádio Dos Pássaros, a representação do Mirassol.

FICHA TÉCNICA


Brasil
0
x
0
Arapongas

Fase 1ª Fase
Rodada
Data 24/06/2012
Horário 16h00
Local Bento Freitas, em Pelotas

Árbitro Marcos Mateus Pereira

Assistentes
Antonio L. Guimarães Lugo e Leandro dos Santos Ruberdo
 
Cartões Amarelos
Brasil:Tiago Saletti, André Ribeiro, Willian
Arapongas:Russo, Luís Mário 

Brasil
Luiz Miller;
Thiago Rannow, André Ribeiro, Fabiano Eller e Tiago Saletti (Washington);
Leandro Leite, Alexandre, Dione e Willian;
Marcos Denner (Pety) e Alex (Willian Ribeiro)
Técnico: Rogério Zimmermann

Arapongas
Vinícius;
Alex Dias, Wesley, Bruno Matavelli e Wanderson Cafu;
Russo, Luís Mário (Fabinho), Serginho Catarinense e Ferraz (Edu Amparo);
Fágner Azu l(Thauan) e Rafael Mineiro 
Técnico: Paulo Roberto Santos

FI

Últimos Acessos nas 24h

Presidente Novelletto FGF

Presidente Novelletto FGF

Paulo Paixão

Paulo Paixão

Dr. José Raymundo

Dr. José Raymundo

Árbritro Jean Pierre Lima

Árbritro Jean Pierre Lima

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnico Dunga

Técnico Dunga

Juan - zagueiro

Juan - zagueiro