sexta-feira, 15 de junho de 2012

LESÕES NO BENTO FREITAS - De quem era a responsabilidade, afinal?

Em matéria postada no site FUTEBOL do INTERIOR, um fato chama a atenção.

LESÕES !!!
Nas equipes de Campinas, Ponte Preta e Guarani, esse fato está gritante sobre o problema enfrentado pelos dois clubes na competição da Série B do Brasileiro 2012.

Aqui no GE Brasil, muito foi dito sobre um "exagerado" número de lesionados, mas nada foi esclarecido.

Afinal, de quem era a responsabilidade por um Departamento Médico cheio de jogadores? 

Acusaram, injustamente, e sem direito a defesa, o ex preparador físico César Polaco.

O ex médico do clube , André Guerreiro, teve atritos com o grupo de jogadores depois de uma declaração feito em seu Facebook, causando indisposição pessoal para continuar tratando os atletas. 

SEM QUERER POLEMIZAR, MAS TENTAR ESCLARECER
Comparado ao fato de que o futebol é um esporte de muito contato e alta intensidade, principalmente no mundo atual, a exigência física, por vezes, e a falta de uma melhor pesquisa no histórico de alguns atletas , como tempo de parada e etc, podem gerar tamanho desgaste.
Para mostrar que isso não é caso único no GE Brasil, vejam o caso no interior paulista

  • Será que lá os preparadores físicos seriam os responsáveis? 
  • Os médicos não estariam tratando adequadamente? 
  • Ou tudo não passa de apenas um acaso do futebol?
JULGUEM!!!
Em seu retorno à elite depois de seis anos, a Ponte quer mostrar que não vai brigar apenas contra o rebaixamento, mas sonha com, pelo menos, uma vaga na Sul-Americana. No entanto, o início não é nem um pouco animador para os torcedores. Se passaram quatro rodadas e nenhuma vitória foi conquistada, com três empates e uma derrota. Os primeiros colocados começam a se distanciarem, enquanto a zona de rebaixamento segue se aproximando.

Ainda durante o Paulistão, o zagueiro Wescley sofreu uma grave contusão no joelho e teve que passar por uma cirurgia, com volta previsão aos gramados apenas no segundo turno. Seu companheiro de zaga, Diego Sacoman, sentiu logo nas primeiras rodadas e vem desfalcando a Macaca nos últimos jogos, mas já retomou aos treinamentos e sua volta está se aproximando. Concluindo o sistema defensivo, o goleiro Bruno Fuso se contundiu diante do São Paulo na Copa do Brasil e segue vetado pelo departamento médico.

Contratado como o principal reforço da Macaca para o Brasileirão, o meia Marcinho fez duas boas partidas, mas sofreu uma contusão no joelho contra o Flamengo e será desfalque por mais algumas rodadas. Já Enrico ficou de fora das primeiras rodadas e foi liberado pelo departamento médico nesta semana. O mesmo aconteceu com o atacante Luan, que veio do Atlético Sorocaba, e não vinha treinando devido a incomodo muscular que estava sentindo.

Além desses, o técnico Gilson Kleina também ficou sem contar com dois jogadores considerados titulares em algumas rodadas. O volante Somália iniciou o Brasileirão, mas depois se lesionou e desfalcou a Macaca em dois jogos, retornando contra o Flamengo. O meia Caio estreou apenas diante do Flamengo, na quarta-feira da semana passada, depois de finalmente ter sido liberado pelo departamento médico. Assim como Bruno Fuso, ele se contundiu no jogo de volta da Copa do Brasil contra o São Paulo. 

A situação  do Guarani é ainda mais preocupante neste início de Série B. O número de desfalques por contusão já chegou a 12, mas acabou diminuindo para 11 nas últimas rodadas depois do goleiro Emerson ter sido liberado pelo departamento médico. Ele se lesionou na final contra o Santos. Até aqui, o Bugre disputou seis partidas e conquistou apenas seis pontos, sendo uma vitória, três empates e três derrotas. Assim como acontece com a Ponte, os primeiros colocados estão ficando mais distantes e a zona de rebaixamento começa a bater na porta.

O desfalque mais sério do técnico Osvaldo Alvarez é o volante Wellington Monteiro, que sofreu uma grave contusão no joelho nas últimas rodadas do Paulistão e teve que passar por uma cirurgia, tendo o retorno previsto apenas para o ano que vem. Quem também ainda não atuou neste Brasileiro por conta de lesões são o lateral-direito Oziel, o zagueiro Neto, o volante Ademir Sopa, os meias Fabrício, Fumagalli e Renato Ribeiro, além do atacante Bruno Mendes.

Fumagalli se contundiu na semifinal do Paulistão contra a Ponte Preta e deve voltar apenas dentro de um mês, pois sofreu uma grave lesão no tornozelo e vem realizando trabalhos de fisioterapia. Titulares absolutos no Estadual, Oziel e Neto voltaram a treinar fisicamente essa semana, mas só devem ser aproveitados por Vadão daqui a duas rodadas. 
O mesmo acontece com Renato Ribeiro, que foi contratado recentemente e vinha aprimorando a parte física depois de se recuperar de uma lesão. Convocado para defender a Seleção Brasileira Sub-20 no Torneio das 8 Nações, o atacante Bruno Mendes já retornou de viagem, mas também estava lesionado e voltou a correr no gramado essa semana.

Dos que iniciaram a Série B, o lateral-direito Bruno Peres, o meia Bruno Neves e o atacante Clebinho estão vetados pelo departamento médico. Único titular absoluto era Clebinho, que foi contratado junto ao Botafogo-SP para substituir o ídolo Fabinho, vendido para o Cruzeiro, e vinha sendo o principal jogador do Bugre. No entanto, o atacante sofreu uma grave lesão na coxa e ficará afastado dos gramados por até seis semanas, devendo retornar nas últimas rodadas do primeiro turno.

Nenhum comentário:

Últimos Acessos nas 24h

Presidente Novelletto FGF

Presidente Novelletto FGF

Paulo Paixão

Paulo Paixão

Dr. José Raymundo

Dr. José Raymundo

Árbritro Jean Pierre Lima

Árbritro Jean Pierre Lima

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnico Dunga

Técnico Dunga

Juan - zagueiro

Juan - zagueiro