SÉRIE C - A CASA TÁ CAINDO : Advogados pedem demissão do Treze em plena briga judicial

Campina Grande, PB, 13 (AFI) – Uma notícia pra lá de esquisita movimentou os bastidores do Treze nesta quarta-feira. Tudo aconteceu quando o diretor jurídico do clube, Valber Maxwell, com o também advogado, Ari Filho, pediram demissão e abandonaram o clube na briga judicial, que visa colocar o time no Campeonato Brasileiro da Série C.

A princípio, ambos deixaram o clube alegando problemas pessoais, mas brigas com a diretoria teriam sido cruciais para a decisão da dupla. Para não comprometer e abalar o clube fora de campo, Valber e Ari se propuseram a não falar sobre o assunto, muito menos sobre a documentação que quer coloca-lo na Terceira Divisão.

Com a saída dos advogados, o clube fortaleceu em nota, no seu site oficial, que qualquer diretor ou funcionário estão proibidos de falar sobre as ações na Justiça. Falam pelo Treze apenas George Ramalho e André Cavalcanti, homens de confiança do presidente Fábio Azevedo.

Treze e Araguaína brigam pela vaga do Rio Branco, que no ano passado acionou a Justiça Comum para jogar no seu estádio e sequer foi punido pela CBF. Já o Brasil de Pelotas, rebaixado para a Série D no ano passado por escalar um jogador de forma irregular, quer tirar o Santo André, clube que só não caiu na temporada passada por causa da pena. Brasil foi perdoado perante aos Tribunais e se viu no direito de jogar.
 

Comentários

renato pereira disse…
oi beto curto teu programa é (10) mas vai um comentario sobre cbf e xavante .eles é que mandam tem algo alem da justiça isto nao é justiça feita é uma imposiçao por mega interesses a copa vem aí e isso nao pode estrapolar .para nao sujar mais a linda sigla cbf .o campeonato tem que começar a qualquer custo justiça nao acredito.sempre o maior vence .abços renato. xavante.

Postagens mais visitadas deste blog

BRASIL 1 X 0 INTER - E TABU QUEBRADO !

GE BRASIL ENCAMINHA SITUAÇÃO DO ATACANTE LUIS EDUARDO

UBERLÂNDIA /MG RECONHECE PROFISSIONAIS GAÚCHOS