sexta-feira, 29 de abril de 2011

CURTAS DO TRIO PELOTENSE

O FARROUPILHA irá jogar em Camaquã, contra o Guarani local, na busca de uma vitória par apermanecer buscando classificação. Outro resultado diferente desse, tornará muito complicada sua situação para seguir em frente na competição da Segunda Divisão deste ano. O BRASIL venceu , em casa, o S.C. Rio Grande na noite dessa quinta feira (28) por 1x0. Resultado magro,mas importante para encaminhar sua classificação. O futebol da "patrola" ou "do toque de bola" ainda não apareceu. O Xavante teve dificuldades para controlar a ansiedade na primeira etapa, mas que no segundo tempo, com a expulsão do zagueiro Hernandes(16' de jogo), e a conclusão do lance da penalidade máxima cobrada por Moscatelli(18' do segundo tempo), construiu o placar final. Domingo, para fugir da concorrência do GRENAL a direção do clube rubro negro colocou o jogo às 19h na Baixada contra o Cerâmica. NOVELÃO NO PELOTAS é a sucessão presidencial. Dias atrás, o atual vice presidente do clube , Roberto Larossa, afirmou no Papo da Bola que não iria ser o presidente por não ter esse desejo como objetivo pessoal, mas ajudaria em outras atividades se fosse necessário. Parece que o discurso vai mudar, segundo novas informações. Ele aceitaria ser o presidente da próxima gestão. Porém, seus pares de direção apenas mudariam de "cadeiras", sem renivações de novos nomes na direção executiva.Mais uma vez , muda sem mudar. FATO NOVO Ontem, recebi a informação da vende do ex jogador do clube, Michel Bastos, que atua no futebol europeu na França, para o Juventus de Turin. A transação soma valores de E$ 33 milhõs de Euros. O E.C. Pelotas detém os direitos de 5% por ser o clube formador. Sabe-se que um empresário local , também detém percentuais desses valores, o que deverá aportar na Boca do Lobo algo em torno de R$ 2.326.500,00, conforme cotação do Euro de hoje (29/04/2011). Quem não gostaria de dirigir um clube assim? Coisas da bola ... Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

terça-feira, 26 de abril de 2011

HÉLIO VIEIRA FALA AO BLOG OPINIÃO INDEPENDENTE

E X C L U S I V O
Esclarecimento
Como sempre faço, dentro de um trabalho apenas jornalístico de igualdade , ofereço este espaçodo blog, em mídia eletrônica, para aqueles profissionais e/ou dirigentes, que desejem manifestar suas opiniões ou entrevistas sobre o tema do futebol, dentro da ética e bonsenso, daquilo que entendo como claro e justo com as atitudes democráticas de expressão livre dessas idéias.
O CONVIDADO FOI TÉCNICO HÉLIO VIEIRA
Numa conversa informal, na tarde dessa terça feira(26/04/2011) Hélio Vieira esteve, por mais de uma hora, conversando comigo e esclarecendo pontos ,bem definidos, sobre o que aconteceu no bastidor xavante, desde setembro de 2010, quando foi procurado pela direção do G.E. Brasil para ser o técnico no ano do Centenário Rubro Negro, tanto para a Segunda Divisão ,quanto na Série C do Campeonato Brasileiro, do mesmo ano. A conversa foi gravada conforme autorização de Hélio Vieira, e seu contexto será transcrito a seguir. DO COMEÇO ... Setembro de 2010 Nas duas vezes reunidos , direção do clube e o profissional , o acerto foi bem objetivo, independente da condição financeira oferecida, pois era um sonho do técnico , comandar o time Xavante no ano de tanta importância histórica. O GRUPO DE JOGADORES O Primeiro Estágio do planejamento, foi estabelecido com a formação de um grupo de atletas, dentro das condições financeiras da realidade do clube, mas que pudesse levar o time à classificação para a etapa seguinte da competição, o que acabou ocorrendo, com três rodadas de antecipação. A partir da conclusão dessa etapa o grupo receberia o reforço de 5 a 6 jogadores , sendo que dois desses já estavam contratados pelo Brasil - o volante Ramos e o zagueiro Vinícius, ambos emprestados para clubes de Série A do Gauchão, mas com retorno previsto para a seqüência da Segundona. Além desses , mais três ou quatro outros de primeira divisão poderiam ser buscados, mas de acordo com aquilo que fosse avaliado como necessário entre técnico e direção. "O primeiro estágio foi cumprido com sobra, e isso foi a coisa que mais me deixou tranquilo, pois tudo aquilo que eu disse que se faria, foi feito" - destacou Hélio Vieira. DIFICULDADES A primeira dificuldade no trabalho, além da própria disputa em campo, entendida pelo técnico, foi o que ele explica como "cobrança exagerada" , por parte do Departamento de Futebol. Embora os resultados positivos na tabela de classificação fossem conquistados, havia um discurso externo contrário àquilo que estava combinado no planejamento de trabalho. Por isso, Hélio resolveu solicitar à direção que acelerasse a busca por novos reforços, para que isso fosse resolvido. Com essa etapa já com a classificação definida, a busca por novos jogadores seria , possivelmente, facilitada visto que haveria tempo para tentar "chegar na frente " de outras propostas à jogadores , os quais também poderiam interessar ao Brasil. Hélio Vieira, entende que uma das coisas que mais dificultaram essa etapa, foi a lesão do centroavante Claiton. Essa lesão afastou o jogador por sessenta dias. Assim, a necessidade de acelerar a contratação de um outro centroavante se tornava mais urgente, pois seu plano tático evidenciava a figura de um jogador com essa característica, ou seja , de ser um jogador de área, que fosse de retenção de bola, e melhor aproveitamento nas jogadas de bola aérea. DISCORDÂNCIA " A direção achou que não era necessidade, até por determidadas linhas de pensamento, que eu não sei o quão compententes, e o quão entendedores de futebol, achavam que não precisava de um centroavante, e chegou ao ponto de, em uma reunião eu dizer : cara , o treinador sou eu , o time sou eu que escalo, o modelo tático foi idealizado por mim, e precisa de um "9". Coisa desse tipo que acabaram nos atrapalhando" - manifestou o técnico Hélio Vieira. RENDIMENTO INICIAL Era considerado muito bom, tanto pela imprensa, torcida e direção xavante, visto que o técnico tinha todos os jogadores a sua disposição, num começo de trabalho muito animador. " Porém, junto com esse começo, vieram os discursos meio sem nexo, sem conhecimento e mostrando uma idéia( vendendo uma idéia) completamente errada para o torcedor. Declarações de um dirigente (Hélio não cita o nome) do tipo : " nós vamos patrolar todo mundo" , " não admito nem empatar" ... (tem umas que são de rir , falou Hélio)... - eu conheço jogador só de caminhar, não preciso nem ver jogar" . Segundo Hélio Vieira, isso gerou uma expectativa elevada no torcedor , da qual o Brasil teria montado um "super time", coisa que não era a realidade. " Com isso , eu me apressei em contrapor ,porque isso não era verdade. Não se montou um suoer time. Se montou um time dentro das condições do Brasil, principalmente em outubro , novembro, se tinha dificuldade de competir com propostas de outros clubes. E isto, certamente, gerou uma expectativa fantasiosa no torcedor. Eu entendo perfeitamente a cobrança do torcedor por que ? Porque foi vendida a imagem que o time era o Real Madrid, que técnico era o Mourinho e que um dos atacantes seria o Cristiano Ronaldo...completamente diferente daquilo que era o realidade do clube" - destacou Vieira. O PONTO PRINCIPAL DESSA DIVERGÊNCIA A causa primária desse conflito entre técnico e dirigente(que Hélio não cita o nome) foi a negação por parte desse diretor em relação a necessidade de um novo centroavante, bem como , com os discursos ufanistas sobre o rendimento real do time rubro negro. O VESTIÁRIO DO BRASIL TINHA UMA TENSÃO QUE ERA DESPROPORCIONAL "As coisas tinham uma ordem, e estavam seguindo a ordem e com resultado. A partir de cobranças exageradas e desmedidas, gerou instabilidade, intranquilidade, num ambiente de vestiário de repulsa à esse dirigente, numa situação criada pelas declarações que eram dadas, que até jogadores experientes ficarem intranquilos ... pois parecia que a cada jogo era uma prova definitiva daquilo que esse jogador seria capaz de fazer ou não , que a continuidade dele estaria sempre posta à prova" - acrescentou Hélio Vieira. O problema pessoal gerado pela discordância entre diretor e técnico, transformaram o ambiente num momento muito difícil de trabalhar no futebol da Baixada.
O ÚLTIMO JOGO CONTRA O SÃO PAULO
Hélio Vieira , amplia essa avaliação :
- " Na semana do jogo contra o São Paulo, havia um planejamento, por parte da Comissão Técnica, de pensar mais adiante na competição, sobre um recondicionamento físico geral do grupo de atletas, aproveitando a classificação antecipada, embora o risco do resultado adverso estivesse contabilizado. O Kanela trabalhou forte aquela semana. Mas isso ,para quem é do meio do futebol é mais fácil de entender. Seria o preço que pagaríamos naquele jogo,mas ganharíamos mais lá na frente."
No contraponto , Hélio perguntou:
" E quem nos avalia? Será que tem toda essa capacidade de entender isso ? Ou pelo menos a humildade de antes de emitir a opinião , nos perguntar ?"
O DISCURSO DO VICE DE FUTEBOL
" O primeiro discurso foi de apoio ao trabalho, diferente dos outros de cobrança. Pelo menos alguém com coerência e memória. Acreditávamos, que naquele momento, a coisa tinha serenado. Na cabeça de quem é profissional, a coisa estava seguindo os rumos." Hélio admitiu sua admiração pelo trabalho realizado por Rogério Zimmermann, no Acesso de 2004, falando sobre como ele soube administrar as críticas, discondância de imprensa, e pressão de torcedor. " A diferença foi que ele(Rogério) teve pessoas que sustentaram aquilo que tinha sido combinado." "A coisa foi pessoal. Um devaneio por quem se intitula conhecedor de futebol. Acabou atrapalhando e tumultuando , para que a situação tivesse esse desfecho
" Opiniões diferentes entre os diretores, que compunham o departamento de futebol, eram ouvidas , por quem decide, com pesos diferentes."
SOBRE O PREPARADOR FÍSICO - KANELA
"O trabalho foi bem feito!" Hélio defendeu o alto conhecimento técnico do profissional , além do vasto currículo , sua capacidade e qualidade, ironizando, que aqui , parece que os profissionais " desaprendem ", tem aminésia técnica, a ponto de errar tanto no trabalho. "O Kanela foi mais um amigo que fiz no futebol. Um escudeiro, fiel, pessoa da melhor qualidade...confiável, coisa que raramente se encontra no meio da bola." Com isso, Hélio questiona a capacidade dos dirigentes que os avaliaram : -" Tem dirigente que vai olhar um trabalho tático - ataque contra defesa -interpretando que aquilo foi um coletivo!!! "
SOBRE A FORMAÇÃO DO GRUPO
Visualizando todas a três etapas do planejamento, o grupo foi formado com a condição ,de que, até o Segundo Estágio, que culminaria até o final da Segunda Divisão, aportariam os reforços já citados, e mais alguns que poderiam vir à futruro, vislumbrando a qualificação para o Terceiro Estágio, o qual seria a Série c do Brasileiro. Um desabafo... "As avaliações que eram feitas , devem sofrer avaliações. Os avaliadores, sejam avaliados. E que fique claro ,do que eu combinei, tudo foi realizado e não me afastei em nada." - afirmou Hélio Vieira. " Para quem quer trabalhar em futebol , tem que ter capacidade de suportar a pressão. Não se pode ceder na primeira vaia ou na primeira cobrança" - Hélio acrescentou. Uma certeza : " Continuo torcendo pelo Brasil e que as coisas deêm certos." HÉLIO CONTESTA O ERRO NA COMPARAÇÕES ENTRE OS TRABALHOS - "Há uma má vontade ou desconhecimento. Esse grupo foi montado, também, pela direção. Jogadores que estão no grupo ,também, foram indicados pela direção." Confira: Luciano - Direção Adilson e André - Helio Jackson - Direção Rodrigo -Direção Ronan - Helio Galego - Direção Carlos Alberto - Hélio Wilson - Direção Moscatelli - Direção Marangon - Hélio João Emir - Hélio Cinval - Hélio Miguel - Direção Claiton - Cléber indicou Felipe Oliveira - Hélio Flaviano - Direção Ramos e Vinícius - Direção DESCONTENTAMENTO - " Jogadores , que quando iam mal, a indicação era do técnico Hélio Vieira. Caso em contrário, surgiam "padrinhos" de " fui eu quem trouxe", argumentou Hélio sobre a forma de qualificar o rendimento dos jogadores de acordo com os resulados." Hélio afirma dividir os percentuais de contrataões com os méritos da direção. FOSTE INJUSTIÇADO ? " Não existe isso de injustiçado!!! Eu me sinto é indginado !!! - " É só fazer um apanhado do que falaram, e o que eu falei, desde o começo. E ver quem manteve a coerência no discurso mais profissional, e comparar com a outra linha dos destemperos, da patrola, do não admitir nem empatar, do conheço jogador só de ver caminhar, de estamos avaliando o trabalho..." O PONTO FORTE DOS EQUÍVOCOS " O ponto que culmina , que é a cereja do bolo foi o "...seríamos BURROS ou LOUCOS se trocássemos o Hélio sem dar os reforços para ele..." Hélio, manda o recado : " ESCOLHAM A FILA . . . PRA QUAL FILA QUE VÃO!!! "
O MELHOR AMBIENTE NO VESTIÁRIO
" Eu aturei coisas (esse é o termo) ponderado pelo Kanela e pelo Cléber, pois o melhor que se tinha era o ambiente entre os funcionários e atletas com a Comissão Técnica. "
RECADO FINAL PARA QUEM GOSTA DE SER DIRIGENTE DE FUTEBOL
Ao final dos 49'e 28" de gravação desta entrevista, Hélio deixou um recado para quem tem aspirações de trabalhar dentro do futebol: " Ser dirigente ou técnico de futebol, tem que se ter competência e preparo para isso. Como dirigente, a primeira coisa, é que se respeite um projeto, as pessoas que se contrata, que cumpra , em termos de andamento do trabalho, aquilo que foi acordado, e que seja MACHO suficiente para aguentar a crítica, a cobrança, pois isso acontece aqui e em qualquer lugar. Quem não suporta a crítica, não suporta ser cobrado, ser cotestado , não pode trabalhar em futebol. Tem que se manter na arquibancada. A postura de dirigente, por mais torcedor que seja, ele tem que ter um comportamento diferente de ser torcedor. Se ele dirigir o clube como torcedor , por certo não será um bom dirigente."
COMPROMISSO ASSUMIDO
CONFORME SOLICITAÇÃO DO PROFISSIONAL , ESTE MATERIAL FICARÁ DIVULGADO APENAS ESCRITO NO BLOG OPINIÃO INDEPENDENTE - Blog do Beto Vetromille, NÃO SENDO REPRODUZIDO EM QUALQUER MEIO RADIOFÔNICO OU OUTRO, PRESERVANDO O RESPEITO OFERECIDO NA COMPOSIÇÃO DESSA ENTREVISTA. Mais uma vez, agradeço a confiança e a credibilidade depositadas pelo técnico Hélio Vieira, no trabalho realizado no Blog Opinião Independente. Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

domingo, 24 de abril de 2011

COM TIME NOVO, NOVO MOMENTO NA BAIXADA

COMENTÁRIO
O Xavante venceu , em Bento Gonçalves, nesse domingo, pela primeira rodada da segunda fase da segundona 2011.
O jogo marcou a estréia do técnico Beto Almeida, que manteve sua estatística positiva, de vencer a primeira partida , quando assume um clube de futebol.
O resultado de 1x0, gol do volante Ramos(GEB), deu uma importante arrancada para o time Rubro Negro na nova fase.
Agora o Xavante terá duas partidas dentro do Bento Freitas, sendo uma delas já na próxima quinta feira - 20:30h - contra o S.C. Rio Grande, em jogo isolado Na 2ªrodada da segunda fase.
Com a vitória, a motivação aumenta ,para que ao lado do torcedor, na Baixada, o time embale na competição.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

sexta-feira, 22 de abril de 2011

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI ...

Do lado Azul e Amarelo.
Há dias , desde quando começaram as notícias sobre renovações de atletas na Boca do Lobo, levantei a questão sobre um grupo que, embora reconheço qualidade individual de alguns atletas, não funcionaram enquanto equipe em campo. O que mais se tem escutado nas entrevistas , fala sobre avaliação de um outro nome , já renovado, e de outros que deverão aguardar a nova diretoria assumir o clube. Pergunto, porque essa diferença entre alguns renovados e outros à serem aguardados? Qual o critéio que permite a afirmação de alguns em detrimento de outros? Na minha opinião estão acelerando muito essas manutenções de nomes na Avenida. Penso que quando se fala em renovar, desejo ver uma GERAL , em todos os setores, e principalmente no Departamento de Futebol. A presidência de Luiz Aleixo merece o reconhecimento pelo Acesso 2009, bem como,pelo bom desempenho em 2010 no Gauchão. Mas deu! Está na hora de outros aparecerem na vez , e assumurem compromissos com o clube. CONSELHO DELIBERATIVO Tem sido um departamento" ENGESSADO " na Boca do Lobo. Afirmo isso, falando com próprios membros desse Conselho. Idéias novas são faladas aos quatro cantos da cidade sobre como gerenciar novas dinâmicas do Áureo Cerúleo. E porque essas mesmas, "arejadas " idéias,não são implementadas? Ou porque, internamente, alguém não quer a mudança, ou porque simplesmente bradam por mudar, mas assumem calados as assembléias dentro das reuniões do Conselho. MUDANÇA , JÁ !!!!! Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

quinta-feira, 21 de abril de 2011

OS REFORÇOS CHEGARAM NA BAIXADA

PRATICAMENTE, UM TIME NOVO NA BAIXADA Edição de imagens : Beto Vetromille
A direção xavante, havia prometido reforços para a continuidade da competição da Segunda Divisão 2011.
Alguns atletas tinham contratto já estabelecido com o G.E. Brasil, porém, foram emprestados para clubes do Gauchão desse ano. São os casos de Ramos,volante que estava no Lajeadense, e o zagueiro Vinícius para o grupo do Novo Hamburgo. Os demias foram contratatods para esta nova fase.
Confira pela numeração das fotos :
1- Lino - atacante que veio da Segunda Divisão Carioca, não queimou ficha Série A;
2-Athos, meio campista, desde 23/04-deixou de atuar no Sertãozinho, equipe da A2 do interior de São Paulo, e não quiemou ficha A;
3-Juba , atacante, estava no Novo Hamburgo, mas queimou ficha de A;
4- Thiago Matos, estava sem clube , enm contrato, pois recuperou-se de cirugia e longo tmepo de parada. Contrato novo se problemas em relação as fichas A e B;
5- Vanderlei - goleiro que estava na Série A, mas com contrato de Segunda Divisão pelo Avenida de Sta.Cruz. Porém, para contratá-lo, o departamento de futebol xavante pagou multa rescisória ao Avenida, mas queimou outra ficha de A;
6-Kim, meia esquerda que veio do Sertãozinho, mesmo caso do jogador Athos.Não queima ficha de A;
7-Ramos, volante, tinha contratto com o G.E. Brasil, foi emprestado para a Série A, e apenas retorna sem problemas de fichas , também;
8-Vinícius , zagueiro, completa alista no mesmo caso de Ramos.
Cabe lembrar , de que as contratações estão encerradas conforme regulamento, que previa data até 23/04/2011, porém pelo advento do feriadão da Semana Santa, a data final ficou sendo a do dia 20/04, última quarta feira.
Comissão Técnica
Além dos novos atletas, o Xavante tem o novo técnico Beto Almeida, o preparador físico, e treinador de goleiros , sendo esses dois últimos profissionais, vindos do E.C. Pelotas.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

CENTENÁRIO XAVANTE

Ajude a escrever o livro do Centenário Xavante

Comissão que prepara obra literária dos 100 anos de fundação do GE Brasil quer contribuição dos torcedores para enriquecer o volume

Uma comissão formada por dirigentes, conselheiros e colaboradores do Grêmio Esportivo Brasil está preparando um livro especial sobre o Centenário Xavante. A obra promete se tornar um material histórico riquíssimo sobre clube da Baixada. Porém, para que ela fique ainda mais recheada com conteúdos do passado rubro-negro, é necessário que todos contribuam.

Qualquer torcedor que tiver algum material que considere raro na história Xavante pode entrar em contato com a comissão pelo telefone (53) 8102 2657, ou pelo e-mail adrianodeleon@uol.com.br. No momento, as principais pendências são as fotos do Marcola, um símbolo da torcida rubro-negra, e as imagens do time de basquete do Brasil, que entrou em quadra na década de 50.

Leonardo Crizel Assessoria de Imprensa GE Brasil imprensa@gebrasil.com.br 53 3229 3999 53 8414 4144

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

quarta-feira, 20 de abril de 2011

XAVANTE CONTRATOU ATHOS MEIO CAMPISTA

O G.E. Brasil contratou do meia Athos, de 30 anos.

O atleta, com passagens por Paraná Clube, São Caetano, Criciúma e União da Ilha da Madeira

(Portugal), jogou o Campeonato Brasileiro da Série D pelo Mixto, de Cuiabá (MT).

Athos teve passagem pelo E.C. Pelotas em 2003, no Gauchão sob o comando de Valmir Louruz.

Seu último clube foi o Sertãozinho F.C. da A2 do interior de São Paulo.

CONHEÇA ATHOS

Nome completo: Athos Dalasta de Almeida

Posição: Meia

Nascimento: 29/06/1980 – Local: Rio de Janeiro (RJ)

Último clube: Sertãozinho - SP

Clube anterior: União da Madeira (Portugal), Criciúma-SC, Paraná Clube-PR e São Caetano

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

terça-feira, 19 de abril de 2011

XAVANTE : NO BENTO FREITAS - QUEM É QUEM ?

André Araújo - Helder Lopes
Texto e edições : Beto Vetromille Duas gestões. Dois nomes. Duas situações antagônicas. Uma competição em comum. Estou falando de um dado comparativo, até agora não feito por nenhum órgão formador de opinião, na imprensa esportiva de Pelotas. 2010 - Gestão Helder Lopes Iniciou turbulenta, pelo fato de abalo da saúde do ex presidente , ainda ao final de 2009, quando permaneceu hospitalizado por mais de 30 dias na UTI. Na administração estava o atual primeiro mandatário do clube, André Araújo. À época , com o afastamento de Lopes para o hospital, Araújo ficou encarregado de avaliar os perfís das novas contratações indicadas pelo então, gerente de futebol, Luiz Parise. Alí, muitas das aquisições do clube, para a formatação do time, foram avalizadas pelo então vice administrativo. Helder Lopes, viveu o drama do boicote de aporte financeiro, articulado pelas manobras político eleitoreiras do ex diretor de captação de recursos, e seus assessores. Retenção e demora na chegada dos valores, instabilizaram , entre outras coisas, o desempenho do time em campo. Paulo Cunha, em manifestação durante o famoso "ALMOÇO DE APOIO", realizado na Arena Grelhados, de propriedade de Hamilton Santos, foi o palco das articulações oposicionistas à Lopes. Cunha, era o principal oponente de Lopes no embate político administrativo do clube Xavante, contra um dirigente , praticamente , solitário nas tomadas de decisões do clube. No campo, o trabalho ficou totalmente limitado com a perda de mando de campo pelo Brasil(efeito de 2009), além da obra mal planejada da reforma do gramado do estádio Bento Freitas, obrigando o clube a mandar seus jogos fora da Baixada por 5 rodadas, inclusive tendo de jogar em Camaquã, para poder realizar a partida frente ao Guarani daquela cidade, dono do próprio estádio Sílvio Luiz. Com isso, a gestão de Helder Lopes passou por um período sem igual de arraso financeiro, visto que sem apoio financeiro do patrocinador, e perdendo as rendas na Baixada, como manter as ações de qualificação da equipe? Ainda assim, como mérito de Helder Lopes, ficou o legado do contrato ampliado do atacante Jair, que muitos não queriam mais em campo pelo time rubro negro. O tempo passou... 2011 - Gestão André Araújo O atacante Jair, que fora vendido para o futebol do exterior, rendeu aos cofres xavantes cerca de R$ 300 mil , fortalecendo as finanças do clube, e permitindo estabelecer um planejamento à médio prazo na contratação de jogadores, Comissão Técnica escolhida com o perfíl xavante, e etc.. André Araújo, agora presidente, contava com o apoio de vários dirigentes na tomada das decisões. Não lhe faltara recursos, muito menos as rendas colhidas nas bilheterias da Baixada, com o G.E. Brasil sendo beneficiado pelo calendário de jogos completamente oposto ao do ano passado, com 4 jogos de mando , diretos, no Bento freitas. Imaginem poder aportar o recurso anterior da venda do jovem Jair, mais as bilheterias desses jogos, e ainda recebendo apoio de novos parceiros , inclusive dinheiro do patrocínio do Banrisul, fortalecido pelo apoio abrangente de dirigentes como o próprio Hamilton Santos, Montanelli, Homero Klauck, Elzaide Lan-Peto, além do seu fiel escudeiro, o diretor de futebol Paulo Cunha, antagonista de seu ex parceiro administrativo, Helder Lopes. O Brasil estabeleceu um plano de trabalho para a temporada da Segunda Divisão. Contaram com tempo e pesquisa para contratar. Trouxeram jogadores, segundo discurso da direção, com a Cara do Brasil. Salários em dia, aportes chegando , rendas na casa, e o que mais faltaria para levar em frente esse trabalho? Pois é ! Com a turbulência gerada, internamente, e publicamente relatada pelo próprio diretor de futebol, Paulo Cunha, o ambiente do vestiário xavante ficou instável. Não deram a tranquilidade para Hélio Vieira executar suas estratégias. A cada rodada, o questionamento sobre a permanência ou não do técnico, era pauta de reportagem. Tanto foi, que um dado momento o vice de futebol resolveu assumir seu papel e por um basta nisso, afirmando que a troca não pderia ser antes dos reforçoes chegarem na Baixada. Se isso acontecesse, seria chamado de "burro ou louco." E como devo chamar-lhe agora, vice presidente, quando falseou no discurso anterior, e permitiu que a pressão articulada nos bastidores, para tirar Hélio Vieira do comando, tomasse conta das decisões , até mesmo , do já desalentado , André Araújo, quando lá em Livramento, num ato de desespero pelo mau resultado, clamou na imprensa, que algo deveria mudar, mesmo sem apontar o que? Será que o time de 2010 era tão ruim assim?
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

DIREÇÃO XAVANTE - "A LÁ INCONFIDÊNCIA MINEIRA"

Texto do Blog Corneteiro de Plantão SEMPRE ALERTA ! http://www.corneteirodeplantao.blogspot.com/

VERDADE DE HOJE, MENTIRA DE AMANHÃ

Essa frase é velha na vida de todos nós. Muitas vezes é aplicada nas diversas atividades do cotidiano da vida. No futebol não é diferente. Aliás, acredito que é um dos meios onde ela melhor se encaixa. E no Grêmio Esportivo Brasil ela se fez presente no último fim de semana, após o jogo do Bento Freitas, onde o Brasil perdeu para o São Paulo RG por 2x1. A direção aproveitou esse motivo, e na calada da noite derrubou toda a Comissão Técnica Xavante. Atitude sórdida semelhante àquela da Inconfidência Mineira, quando traíram Tiradentes. Pois o momento parece próprio para uma comparação assim. Vejam o que sustentava o discurso do vice de futebol xavante há uma semana : "Mudar o técnico sem lhe dar reforços? Só se eu fosse burro ou louco." Os reforços estão chegando apenas na semana após o jogo, e o Comando Técnico foi demitido na noite do domingo. Vai acreditar em frase de dirigente ...
Mas minha vó ensinou , que MENTIRA TEM PERNA CURTA...VEREMOS !!! Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

segunda-feira, 18 de abril de 2011

BETO ALMEIDA É O NOVO TÉCNICO XAVANTE

Beto Almeida é o novo técnico Xavante.
Já havia sido citado em meu comentário das quintas feiras, no programa Lance Rápido, da Rádio Universidade, há três semanas, além de Lisca, o nome de Beto Almeida, que estava para ser um futuro contratado. Conforme contato , direto, com o técncio, as 16:15h, desta segunda feira(18) , que está em Porto Alegre, o profissional confirmou seu acerto com o clube da Baixada.
Beto Almeida estava resolvendo assuntos particulares na capital, o que teria retardado um pouco sua definição com o clube.
A partir de hoje assume o cargo, permanecendo para a Série C do Brasileiro 2011.
Sua chegada está prevista para terça feira pela manhã.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

CAI A COMISSÃO TÉCNICA XAVANTE

APAGUE-SE OS DISCURSOS DIRETIVOS XAVANTES !

Após a derrota do último domingo, frente ao São Paulo de RG, o clima no estádio Bento Freitas ficou pesado. A direção executiva não aguentou sustentar a coerência dos discursos anteriores, sobre dar ao técnico Hélio Vieira, a chance de trabalhar com um grupo mais qualificado pelos reforços advindos de novas contratações. O Departamento Médico Xavante andava cheio nos últimos dias. Com isso, diminuiram as oportunidades de melhores opções táticas para Hélio Vieira durante , praticamente, o segundo turno da Segundona Rubro Negra.
PLANEJAMENTO DE FUTEBOL XAVANTE ???
O projeto está alterado - Discurso rasgado !
A pressão, de alguns torcedores em frente ao Camarote VIP da diretoria Rubro Negra , após a derrota desse domingo, tremeu as convicções diretivas do "PLANEJAMENTO" de permanência da Comissão Técnica ( e olha que nem chegaram a sair de camburão escoltados pelo portão 7).
PARA REFLETIR
Cabe lembrar, que no delírio apaixonado de dirigentes da SER Caxias, fizeram Lisca deixar o clube, onde tinha um ótimo aproveitmento de resultados, e o time despencou na competição. No Juventude, houve maturidade de convicções , mesmo com a turbulência ocorrida no vestiário , onde problemas com atletas e outros foram superados, e o time irá disputar uma semifinal de Gaúchão. É o futebol das paixões e emoções !!! Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

domingo, 17 de abril de 2011

DISCURSO " FALSO " NA BAIXADA

XAVANTE PERDE EM CASA PARA O SÃO PAULO/RG O time não rendeu o esperado na partida do Bento Freitas. O placar foi de 2x1. Em favor do Brasil, o gol do estreante Lino, em jogada do outro estreante, Juba, o time xavante parou na melhor desenvoltura tática do adversário.
ENTREVISTAS APÓS O JOGO
PETO VACILOU !
Não senti firmeza na declaração do vice de futebol sobre o resultado de derrota, bem como, na sustentabilidade do comando técnico. Acompanhando a coletiva pós jogo, ficou moderado numa opinião nada firme sobre essa sequência. Peto, transferiu toda a responsabilidade do assunto para a reunião de segunda feira, no Bento Freitas, onde , normalmente, ocorre após os jogos, as avaliações sobre os resultados.
HÉLIO VIEIRA: " ESTOU FAZENDO O MEU MELHOR"
" Faço avaliação profissional" - acrescentou o técnico rubro negro.
Confiante no seu trabalho, Hélio disse que não há motivos para pedir para sair. Garante certeza no seu trabalho e tranquillidade na seriedade com que tem mantido essa constância frente ao time xavante.
Reforçou as dificuldades de ausências nas opções pelas circunstâncias de lesões e cartões. Recém recebeu alguns dos prometidos reforços. Falou em avaliação definitiva, mas por quem cabe essa decisão sobre sua permanência ou não no comando do time. Nitidamente, Hélio indica o presidente do clube , André Araújo como o dirigente capaz para isso.
MEIA ESQUERDA CHEGANDO... Um novo jogador foi anunciado pelo vice presidente de futebol Xavante, Euzaide Lan. Porém, não declinou seu nome , devido ao fato de que o atleta irá passar pela avaliação médica, edepois sim, ser anunciado oficialmente.
Sabe-se, que à noite, é esperada essa chegada em Pelotas.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

FUTEBOL ON LINE : NOVO ENDEREÇO ELETRÔNICO

Para facilitar o acesso ao Blog do Futebol On Line, mudamos o endereço eletrônico para que fique melhor identificado na "busca" pela internet.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

sexta-feira, 15 de abril de 2011

PASSANDO A RÉGUA NA SEMANA DO FUTEBOL

PELOTAS
Após a desclassificação no Gauchão 2011, as novas idéias deveriam convergir para uma transição , verdadeiramente, de renovação no quadro diretivo, Conselho Deliberativo, além do grupo de atletas.
PRESIDENTE
Matheu Chiarelli, é especulado como um ótimo nome para assumir. Acredito, que isso, além de renovar as idéias na Boca do Lobo, permitindo um espaço mais vanguardista de trabalho, fortalece a imagem do candidato , também, na ceara política, com um aumento de seu prestígio popular tramitando num espaço democrático e com muito apelo como é o futebol.
CÉSAR DIAS
Nome declinado, por ele mesmo, à alguns colegas de imprensa, mas que até hoje não se manifestou , publicamente, para demonstrar qualquer impossibilidade ou negação de seu nome vir a pauta dessas informações. Sabe-se que em petit comité, César, atual Assessor do Futebol Gremista, reserva conversas com membros da imprensa local trocando idéias sobre essa viabilidade.
BOPP - Especulada, outra vez, sua ida para o clube Xavante da Baixada. Porém, fontes afirmaram que seu nome foi vetado pelo grupo conhecido como OPEP do Bento Freitas.
Suas atenções voltaram-se para as renovações de contratos.
A direção fala em sair.
O diretor executivo, também.
Então ... renovar? Com quem?
Podem afirmar que dentro do grupo sejam identificadas algumas qualidades individuais. Mas pergunto: no conjunto da obra não renderam o esperado. E mesmo assim, serão renovados?
O Pelotas muda sem mudar !!!
BRASIL
Na Baixada os reforços são as atrações dessa semana. Lino, atacante da segunda divisão carioca, do Art Sul, time que ninguém conhecia, foi indicado para reforçar o time rubro negro.
Lá, fez apenas um gol, e de penalti. Aqui, é esperança de gols , pelo menos nos coletivos realizados.
SÉRIE C
O futebol xavante precisa definir um plano estratégico antes que seja tarde.
Novamente, o discurso do Brasileiro começa em meio à disputa da Segundona.
É a coisa mais atrapalhada no Bento Freitas nos últimos tempos. Falar em competição nacional ao quatro cantos, disvirtua o foco principal do momento desse semestre, qual seja, subir para a Série A do Gauchão.
Não custaria nada deixar um plano B de acesso à futuro , após ascender ao Gaúcho. Assim, com nova "vitrine", e melhor aporte financeiro(fala-se em R$ 1 milhão para cada equipe em 2012) o futebol xavante estaria fortalecido com maior mídia, marketing e apelo para formar uma equipe , realemte para ser a base de busca do acesso à B do Brasileiro.Mas isso precisa ser encarado com mais humildade.
FARROUPILHA
Contratou o zagueiro Alex Martins, que estava no Canoas nesse Gauchão.
É a "bola da vez!" Com a queda dos dois clubes de Bagé para a Terceirona, o Tricolor permanece na luta da Segundona.Agora, amis aliviado, irá reforçar o time, que com o pouco que tinha fez muito após a chegada das novas idéias táticas de Luizinho Vieira.
JUNINHO
Exageram, no apelo emocional e apaixonado, àqueles que questionam o "porquê" do jovem talento não estar num clube como os da Dupla BRAPEL.
Fácil: não perceberam isso quando o garoto andou pelas bases dos dois.
A falta de mais qualidade de profissionais que possam melhor avaliar esses jovens, nas categorias de base , traduzem essa limitação, de quando por aqui, talentos precoces são disperdiçados.
No mais, não há certeza de que , nesse momento, o jovem teria a mesma condição de desempenhar seu bom futebol, sob a rege das pressões imediatistas dos clubes rivais.
Aqui, as vezes, jovens de futuro são "fritados", passando de rápidas promessas à consagrados " veteranos".
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

quinta-feira, 14 de abril de 2011

CAIU O TÉCNICO ANDRÉ LUIZ DO SÃO PAULO RG

CAI ANDRÉ LUIZ
Após a derrota sofrida no clássico Rio - Rita, na quarta feira, dentro do seu estádio, o Aldo Dapuzzo, o cargo do técnico ANdré Luiz ficou ameaçado.
A informação colhida em Rio Grande , logo após o resultado era de que no domingo, no jogo contra o Brasil, no Bento Freitas, caso fosse , novamente, derrotado, perderia o cargo. Pois nem chegou lá.
A notícia recebida a pouco , ainda na noite dessa quinta feira(14) foi da queda do técnico Rubro Verde.
MATÉRIA DO JORNAL AGORA

Chegou ao fim a passagem do técnico André Luis pelo comando técnico do São Paulo. Na noite desta quinta-feira, 14, a diretoria rubro-verde se reuniu e decidiu pela saída do profissional. No jogo de domingo, em Pelotas, contra o Brasil-Pel, o auxiliar técnico Fabio Recife deve comandar a equipe interinamente.

Por volta das 21h45min o vice de futebol, Fernando Cardone, deixou o Aldo Dapuzzo, onde aconteceu a reunião. O homem forte do futebol do clube tomou o rumo do apartamento de André Luis e lhe comunicou sobre sua saída.

Às 22h40min, Cardone confirmou a demissão oficialmente durante o programa Tá Na Rede, da Rádio Minuano. "Nos reunimos e optamos pela saída do técnico André Luis. Um profissional correto que trabalhou muito, sempre que esteve conosco. Era o último, todos os dias, a deixar o Aldo Dapuzzo", afirmou. Fernando Cardone revelou também que a pressão dos torcedores pesou na decisão.

A relação do torcedor com André Luis não vinha sendo boa. O técnico sofreu com as vaias dos rubro-verdes nas derrotas, em casa, para 14 de Julho, Guarany-BG e por último no clássico Rio-Rita. Até mesmo na vitória contra o Grêmio Bagé as vaias e protestos foram fortes.

André Luis foi contratado em novembro de 2010 e participou da montagem do plantel que disputa a Segundona 2011. A direção não cita nomes publicamente, mas Beto Almeida e Suca são os profissionais especulados para assumir o cargo. "Vamos trabalhar com calma para chegar a definição de um novo nome para o São Paulo", afirma Cardone. No domingo, 17, o auxiliar técnico Fabio Recife comandará a equipe diante do Brasil, em Pelotas.

Por José Finkler finkler@jornalagora.com.br

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

BAGUA NA TERCEIRONA - FARRAPO SEGUE EM FRENTE

Luizinho Vieira mostra o novo rumo do Farroupilha
Acabou a espectativa do resultado paralelo do jogo em Bagé, no clássico BAGUA.
A dupla fronteirissa está rebaixada para a Terceira Divisão do Gauchão de 2012.
O Guarany tinha uma chance de permanecer na luta pela Segundona se mantivesse um resultado positivo no confronto. Mas, perdeu. O Bagé, foi melhor em campo, soube impor-se no jogo, e venceu por 3x2 o clássico da fronteira número 406.
A arbitragem de Vinícius Costa foi elogiada como normal , sem qualquer interferência no resultado.
O técnico do Bagé, o conhecido Murílo Costa, recebeu elogios pela maneira como se portou ,taticamente, o jalde negro no jogo.
FARROUPILHA SEGUE EM FRENTE
O Farroupilha segue na Segundona, classificado para a próxima fase na mesma chave do Brasil, por contingência de posição na tabela de confrontos.
Em Pelotas, era grande a torcida por esse resultado em favor do Tricolor Fragatense. Agora , são esperados novas contratações para qualificarem o time de Luizinho Vieira.
No próximo final de semana o Farroupilha folga na rodada, conforme tabela de jogos. Após esse encerramento, as novas caras deverão surgir no grupo do Fantasma.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

quarta-feira, 13 de abril de 2011

FARROUPILHA - DE VIRADA - MANTÉM CHANCE DE CLASSIFICAÇÃO

Juninho atacante do Farroupilha
Crédito da foto : FUTEBOL ON LINE - Beto Vetromille
Foi mais um jogo dificíl para o time de Luizinho Vieira.
O Farroupilha foi à Livramento enfrentar o 14 de Julho, que precisava da vitória para definir sua classificação. Já para o Tricolor Fragatense, interessava vencer, e ainda dependendo de resultados do Guarany de Bagé .
JOGO
Um jogo onde no primeiro tempo o Farroupilha teve dificuldades de posicionamento no setor de meio campo, permitindo pressaõ do time do Leão da Fronteira, que poderia ter aberto o placar , já na primeira etapa de jogo. Mas foi no segundo tempo que as coisas se definiram no jogo.
Logo aos 2'30" o time do 14 de Julho fazia 1x0 com Luiz Paulo, levando vantagem na jogada contra a defesa do Tricolor. Porém, nada estava perdido, porque 30 segundos após sofrer o gol , o empate veio. Jogada com Dega lançando Juninho na área, que deixou de calcanhar para Tiago Boiadeiro colocar nas redes adversárias o gol do Farroupilha. Com isso, o time recuperou o moral e a pontuação mínima para continuar lutando na esperança de classificação.
O jogo seguia nessa constância, quando aos 23 minutos do segundo tempo , ele, o destaque do time do Fantasma, em excelente fase, mandou para as redes - Juninho, fazia o2x1 , reusltado definitivo de vitória, com virada, em favor do Farroupilha.
Com esse resultado, o Farroupilha ficou em terceiro na chave com 17 pontos, mas encerra seus jogos na fase. Ficará na espectativa do BAGUA, nesta quinta , onde se o Guarany não vencer o jogo, o Tricolor já estará , definitivamente, classificado para a outra etapa.
O Guarany tem 12 pontos, mas para superar o Farroupilha necessitará vencer seus dois jogos. Além do clássico bageense , o Guarany ainda terá o Rio Grande na última rodada, também, necessitando de pontos.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

terça-feira, 12 de abril de 2011

EXPRESSO EUROPEU - EXCLUSIVO

A partir de hoje, estarei postando matérias especiais contendo informações sobre um competente profissional pelotense, formado aqui, com trabalhos realizados no futebol gaúcho, especificamente no E.C. Pelotas, e que, atualmente, exerce suas atividades com a exclusividade em ser o primeiro preparador físico de futebol brasileiro numa equipe do futebol da Ucrânia.

MICHEL HUFF

Tenho mantido contato direto com o Michel, via MSN e e-mails, trocando bons papos e experiências sobre sua nova etapa na equipe do , também pelotense, Taison - o Metalist da Ucrânia.
Abaixo , destaco o e-mail recebido neste dia 11, quando Michel conta de sua chegada e primeiros trabalhos no novo país.
" Beto ! Ai e'um relato de quando cheguei aqui na Ukrania ...Estavamos jogando a Liga Uefa ,contra o Bayer Leverkusen...e depois treinamento na turquia para a premier League Ukraine Abraço Michel Huff "
RELATO :
Na segunda quinzena do mês de fevereiro estive em dois países da europa ,Alemanha e Turquia ,visitando respectivamante as cidades de Colônia e Antalya. na primeira ,fomos pra jogar contra o Bayer Leverkusen time de tradiçao do futebol alemão e com excelente campanha no campeonato nacional,mas tive a possibilidade de conhecer um pouco da cultura alemã ,país em que tenho minhas origens .Fizemos um tuor pela cidade de Colonia , visitamos o centro da cidade onde se combina modernidade com um museu a ceú aberto pela idade da região(mais de 1000 anos),mas o que me chamou a atenção foi a Catedral de Colônia ,igreja monumental e internamente muito bonita com um número de visitações de livro dos records, eo mais interessante, circulam pessoas de diversos lugares do mundo ,onde tive possibilidade de encontrar até brasileiros em volta da igreja. Na turquia,ficamos em Antalya, hospedados em um resoort na beira do mar Mediterrâneo de excelente acomodações e infra estrtura,onde também pude desfrutar de sol e praia em águas desconhecidas para mim. Claro que não fui pra Turquia para descansar ,e sim á trabalho e nesse hotel encontramos uma estrutura fisica para treinamentos de dar inveja ao futebol brasileiro , o hotel possuia um CT somente para times hospedados com ônibus para translados e vários campos de futebol com iluminação e vestiários de primeira linha para treinamentos e amistosos. Enfim,são momentos inesquecíveis ,que essa oportunidade de trabalhar na europa me proporciona,pois vou conhecermuitos lugares e quero divulgar tudo aquilo que achar interessante para meus amigos do Brasil e aqueles que se encontram tambem no exterior.
Todo o material, sobre relatos desse trabalho, postado no blog, tem a autorização do professor Michel Huff
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

segunda-feira, 11 de abril de 2011

AMIGOS DA BOLA, ADVERSÁRIOS NO CAMPO

Um destaque, exclusivo, na foto de Beto Vetromille, no reencontro de dois amigos do futebol, ex atletas do Xavante nos anos 90, e atuais técnicos adversários no embate da Segunda Divisão Gaúcha 2011.
Hélio Vieira(D) técnico do G.E.Brasil e Oswaldo Rolim técnico do Guarany de Bagé , dia 11/04/2011 , noite do jogo no estádio Estrela D'Alva pela primeira fase de classificação da Segundona.
O JOGO
O Brasil foi melhor no primeiro tempo, com chegadas alterandas da direita para a esquerda ofensiva, principalmente com Felipe Oliveira, com a criação de jogadas de definições, parando no goleiro Sandro do Guarany.
Taticamente, Ronan fazia a função de lateral esquerdo, mais fixado, deixando as saídas para o ataque com Jackson, Moscatelli e Flaviano pela direita.
Uma queda de energia elétrica nas torres de iluminação do estádio Estrela D'Alva , esfriou um pouco o melhor volume de jogo xavante. Após 16 minutos de paralização , a partida reiniciou normalmente.
O Guarany explorava algumas investidas pela direita de ataque, onde Ronan, zaguiero xavante, fazia a função de lateral mais de marcação , com a cobertura bem articulada de João Emir.
O jogo encaminhava-se positivo para o rubro negro.
Veio do intervalo , e logo a um minuto , o ataque xavante criou bela trama com a conclusão de Jone, que Flaviano tocou para as redes, mas em posição de impedimento.
Aos 7 minutos, nova chegada com Felipe Oliveira, que Sandro fez defesa parcial, a bola tomou efeito, bateu na trave e por pouco não ciau no fundo do gol do Guarany.
A característica do segundo tempo foi a busca frenética da vitória pelo time do Guarany.
No desespero, atacava mais, explorando os contra atques nos erros de passe e a perda de posse de bola no ataque rubro negro.
Luciano, o goleiro xavante, foi um dos destaques importantes, quando exigido, em defesas que demonstrou coragem e boa colocação.
A dupla de zagueiros do Brasil, Jr. Carvalho e Cris, sustentaram bem as investidas do adversário.
Além deles, o volante Wilson fez grande partida na marcação das chegadas do Guarany.
No mais, foi a pressão do time da fronteira a partir dos 25' com a expulsão de Ronan do Brasil, que obrigou ao técnico Hélio Vieira mexer, taticamente, na equipe, retirando um atacante - Felipe Oliveira - dificultando as melhores tentativas pela esquerda de ataque do xavante.
Cléber do Guarany, também foi expluso por falta dura em Jone.
O Brasil garantiu o ponto que lhe mantém na liderança isolada na chave de classificação.
Agora, enfrentará o São Paulo, no clássico da zona sul, no próximo domingo no Bento Freitas. Vale a disputa de liderança da chave.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

domingo, 10 de abril de 2011

PELOTAS PÁRA NO GAUCHÃO 2011

Foto : Divulgação
OPINIÃO
A classificação do Pelotas, no Gauchão 2011, não deixou de ser alcançada no último jogo contra o Cruzeiro. Na tarde deste domingo , jogando seu último jogo desse semestre na Boca do Lobo, o time Áureo Cerúleo perdeu por 2x1 para o Cruzeiro de Poa. As dificuldades do trabalho no Departamento de Futebol vêm desde a situação instável daquela indefinição se o diretor executivo , Jorge Bopp, permaneceria ou não no Pelotas. Isso gerou um atraso e demora para enfatizar o trabalho e o planejamento, visto que não havia outros dirigentes que respondessem à altura com tais definições. Muita desconfiança instabilizara o momento para dar a largada na preparação do Lobo. Contratações, certamente erradas, como foi a do meio campista Miro Bahia, davam indícios de prováveis dificuldades no andamento do grupo de trabalho. O próprio diretor executivo afirmou isso ao microfone da Rádio Alfa FM, no Programa Futebol On Line, quando destacou o erro na escolha do meia , e também, Léo Dias , que deixava a Boca do Lobo, de não usar mais "panos quentes" para tratar dos assuntos conflitantes dentro do vestiário áureo cerúleo. Bopp, na ocasião, chamou Léo Dias de mentiroso, quando o jogador havia concedido duas entrevistas contraditórias à imprensa sobre a sua real condição de permanecer no Pelotas. A perda do volante Nunes, o qual já tantas vezes identifiquei como mal administrada pelo departamento de futebol, agravava a continuidade dessa campanha no Gauchão.
O nome de Gilmar Dal Pozzo para ser o técnico, no Gauchão, não afirmava uma garantia dessa evolução. O profissional vinha sendo buscado ainda às costas do ex técnico Itamar Schoulle, na Copa RS, no segundo sementre de 2010, quando algumas "paixões" internas na Boca do Lobo indicavam pela escolha de Gilmar, motivadas por falta de base para essas definições.Era uma dúvida se daria certo ou não. O Pelotas apostou em Gilmar e perdeu. Além disso, atrasos de salários, e as velhas questões da "noite" com jogadores importantes no começo do campeonato, identificados pela direção de futebol, mas protelados na solução, geravam desgastes internos no vestiário do grupo de jogadores. As negociações de Makelelê, vindo e indo, e depois retornando para a Boca do Lobo, foram mal trabalhadas pelo futebol do Lobão. Até recentemente, o discurso do clube era sobre a garantia esperada do aporte dos R$ 100 mil para auxiliar na cobertura das dificuldades financerias enfrentadas até a ocasião. Outro fato necessário de ser revisto, foi com os goleiros Oliveira e Adnan "fritados" ao cometerem algumas falhas em jogos, demosntrando falta dessa estabilidade de pensamentos diretivos ao definir melhor suas condições de permanência no grupo do Pelotas. Seriam apenas erros técnicos ou já sinais dessa dificuldade emocional dos bastidores da equipe?

Por fim, fica um sabor amargo na boca do torcedor do Pelotas com a interrupção da jornada no Gauchão 2011. Ano passado , à essas alturas, o torcedor áureo cerúleo mobilizava carreatas à Porto Alegre, para ver o Lobão combater batalhas dentro de campo em jogos decisivos pelo campeonato.

A espectativa de 2011 , segundo o discurso da direçao do clube era de alcançar vôos maiores com a lista de nomes contratados para o campeonato. Acredito que os erros não foram intencionais. Porém, em algum momento, o plano de vôo deu lugar à uma navegação cega desses horizontes para um pouso mais tranquilo no final.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

sábado, 9 de abril de 2011

FARROUPILHA - ONZE É A CAMISA DELE ...

Mais uma decisão jogada na tarde de sábado(09) no estádio Gen. Nicolau Fico pelo time Tricolor.
Desta vez o adversário foi o bom time do Rio Grande, que vinha equilibrando-se na zona intermediária da tabela de classificação na Chave 1 da Segundona - Primeira Fase .
O Farroupilha, que havia jogado em casa na quarta feira, e empatou contra o Guarany de Bagé, precisava, sobremaneira, de três pontos, e ainda de quebra, golear na medida do possível para diminuir o saldo negativo de -9 até o jogo.
O time de Luizinho Vieira vem melhorando seu desempenho nas partidas, já visto isso desde o clássico BRAFAR no Bento Freitas.
Agora, era a vez de provar que não apenas jogava melhor, mas que também , era capaz de vencer um adversário importante como a equipe do Mais Velho.
O nome do jogo foi Junhinho do time pelotense, jogador que atua com a camisa 11 na escalação do Fantasma.
Vi o jogador atuar de maneira insinuante no jogo anterior, com lances de cobranças falta de ótima com qualidade na batida da bola, mas encontrando as traves da meta do time da fronteira.
Na tarde desse sábado foi diferente. Por três vezes o atacante rápido e habilidoso encontrou as redes da meta riograndina. O Farroupilha ainda fez mais um, fechando a goleada em 4x0 para cima do Rio Grande.
O saldo melhorou, diminuindo de (-9) para (-5), e ainda dependendo de mais uma vitória e resultados paralelos para manter-se na Segunda Divisão 2012.
O importante à destacar é que a confiança voltou ao grupo, principalmente com a nova maneira em que Luzizinho vem armando sua equipe nos jogos, mantendo um padrão de jogar bola, sem abrir mão do espírito competitivo tão necessário em cada partida.
JUNHINHO O DESTAQUE DO CONFRONTO !!!
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

GAUCHÃO : MAIS TIME QUERENDO CLASSIFICAR

Técnico Gilmar Dal Pozzo
A se confirmar o que foi treinado na sexta-feira à tarde, o Veranópolis Esporte Clube (VEC) pode sair com formação bastante ofensiva contra o Juventude, domingo, às 16h, no Estádio Antônio David Farina. O técnico Gilmar Dal Pozzo chegou a ensaiar o time com três atacantes. Também pudera: para não depender de resultados paralelos (confira projeções abaixo), precisaria de uma goleada. A única dúvida reside no aproveitamento do atacante Fábio Oliveira, que passou boa parte da semana resolvendo assuntos particulares em Belém (PA) e só se reapresentou na quinta-feira à noite. A alternativa para seu lugar seria Luiz Carlos Bahia. O único desfalque confirmado é o do goleiro Luiz Müller, suspenso. Depois de um início claudicante, o VEC se recuperou no Gauchão Coca-Cola. No segundo turno acumula duas derrotas (ambas fora de casa), dois empates e duas derrotas. Para a direção, o bom momento da equipe tem um responsável direto: — Muito dessa recuperação tem a ver com o Gilmar. Ele ajeitou a casa. Se tivesse vindo antes, de repente até estaríamos em situação melhor para buscar a classificação — elogiou o presidente do clube, Gilberto Generosi. Uma provável formação para o confronto de domingo tem Rodrigo Rocha; Fininho, Juliano, Anderson Bill e Raulen; Sananduva, Naves e Ale; Luiz Carlos Bahia (Fábio Oliveira), Edinho e Richard Falcão. O jogo terá arbitragem de Márcio Coruja, auxiliado por Carlos Henrique Selbach e Sedenir Martins. Ingressos: R$ 15 (arquibancada); maiores de 65 anos têm 50% de desconto e menores de 12 anos não pagam. Para acompanhar de longe, as opções são as rádios Caxias, Veranense AM e Comunidade FM, o canal pago de televisão PFC, ou, pela internet, em pioneiro.com/cajunarede.

Do que o VEC precisa * Apenas a vitória serve: por 4 a 0, o VEC só não se classifica se o Pelotas fizer 5 a 0 e o Santa Cruz pontuar. Por até 3 a 0, depende de derrota do Santa Cruz e que o Pelotas não goleie o Cruzeiro.

Clic RBS
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

sexta-feira, 8 de abril de 2011

CAI CELSO ROTH

Mais uma vez Celso Roth está sem clube. Confirmando a teoria que o treinador começa bem um trabalho, mas sempre termina da mesma forma, com muitos erros. O Internacional vai anunciar a saída do treinador após a chegada a capital Gaúcha. A informação foi dada pela Rádio Bandeirantes. A sequência de resultados não agradaram tanto os torcedores quanto os dirigentes. O time não consegue ter jogadas ensaiadas, sem falar que marca poucos gols e a zaga falhando com frequência. Muitos torcedores já pediam a saída do Roth após o fracasso no Mundial. Contudo a direção bancou a parmanência do criticado treinador. O Novo Técnico ! O primeiro nome da Lista dos dirigentes colorados é o ex-jogador Falcão. Dunga também é cogitado. Os dois nomes citados tem muita identificação com o clube e com a torcida do Inter. Agora resta esperar.
Blog Peleia FC
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

AFINAL, PARA ONDE IRÁ O GOLEIRO VANDERLEY ?

Lendo o site http://www.segundonagaucha.com/ , e também o site do clube rubro negro http://www.gebrasil.com.br/ encontrei duplicidade de notícias sobre o goleiro Vanderley, atual goleiro do São Luiz de Ijuí na Primeira Divisão do Gauchão.
Leia os textos:
Site da Segundona :
Para lembrar, Beto Campos , ex técnico do São Luiz, e atual comandandte do Avenida de Santa Cruz.
"O Avenida terá mais reforços com o final do Gauchão. A relação tem o goleiro Vanderley (São Luiz/Ijuí); o lateral direito Fininho (Veranópolis); o lateral esquerdo Marciel (Canoas) e ainda o centroavante Alê Menezes (Santa Cruz). "
João Caramez
Foto: Portal Gaz
Site do Brasil:

"O mais novo arqueiro Xavante vai se integrar ao elenco comandado pelo técnico Hélio Vieira assim que terminar a participação do São Luiz no Gauchão deste ano, o que pode acontecer já neste próximo fim de semana. Para contar com a volta de Vanderlei, que não deve sair antes da Série C do Brasileirão, o Brasil teve que pagar a multa rescisória do atleta junto ao Avenida, de Santa Cruz, com quem ele já tinha contrato firmado."

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

CRUZEIRO - O COMBATE DIRETO DO LOBÃO

DECISÃO NA BOCA DO LOBO

O Cruzeiro chega à última rodada da fase classificatória do Campeonato Gaúcho 2011 em busca da classificação para a Copa do Brasil de 2012 e para a Série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Já classificado para as finais da Taça Farroupilha, a segunda fase do Gauchão, o jogo de domingo, às 16 horas, contra o Esporte Clube Pelotas, no estádio da Boca do Lobo, na Zona Sul do Estado, será decisivo na classificação para competições nacionais. O técnico Leocir Dall'Astra ainda não sabe se poderá contar com o atacante Rafael Cearense, que está lesionado. O volante Alberto foi punido por incríveis quatro jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Gaúcha de Futebol em virtude da sua injusta expulsão na derrota por 4 a 2 para o Grêmio. O Departamento Jurídico do Cruzeiro estuda a possibilidade de ingressar com um pedido de efeito suspensivo para a pena, mas até o momento é incerta a presença de Alberto no decisivo jogo em Pelotas. O certo é que o time estrelado terá o apoio da Fiel Torcida Cruzeirista, que está organizando uma excursão para acompanhar o time em Pelotas. Um ônibus já está lotado e maiores informações podem ser obtidas na secretaria do clube, pelo telefone 3387-6219. O Cruzeiro disputa a vaga direta na Copa do Brasil com o Juventude e o Caxias e os rivais na briga pela vaga na Série D são São José, Lajeadense e Ypiranga.

HISTÓRIA - Cruzeiro e Pelotas fazem um dos duelos mais tradicionais e antigos do Estado do Rio Grande do Sul, pois se enfrentam desde 1917, quando jogaram pela primeira vez, em partida amistosa realizada na inauguração do estádio da Avenida Bento Gonçalves, hoje estádio Boca do Lobo, em Pelotas. Em 1917, o Cruzeiro realizou a sua primeira excursão para longe da região metropolitana. A primeira viagem havia ocorrida anos antes para Montenegro, mas a primeira excursão foi em 1917 para Pelotas, onde o Cruzeiro perdeu para o Grêmio Sportivo Ideal por 2 a 1, venceu o Sport Club Rio Branco por 3 a 2 e no dia 28 de outubro de 1917 enfrentou o Pelotas no estádio da Avenida Bento Gonçalves e venceu por 3 a 2. O Cruzeiro jogou e venceu com Barreto; Osório e Rafael; Paulo, Godinho e Trogílio; Prunes, Aníbal Candiota, Leo, Prunes e Oscar da Fontoura. O Pelotas jogou com Patinho; Varela e Solon; Machado, Brienzi e Ramalho; Viana, Abelardo, Viola, Inzagara e Loureiro

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

SANTA CRUZ - ADVERSÁRIO ( PARALELO ) DO LOBÃO

O tempo é mais um inimigo do Santa Cruz na reta final de preparação para o jogo contra o Grêmio, que valerá a classificação para as quartas de final da Taça Farroupilha. São três dúvidas que o técnico Edson Porto tem para escalar a equipe que entra em campo no domingo, às 16 horas, nos Plátanos. Ele ainda espera pelo Departamento Médico para poder encaminhar os 11 titulares, mas, de acordo com os planos do comandante, o coletivo para fazer os últimos ajustes acontece na tarde de hoje. Ontem, após trabalhos técnicos pela manhã, o grupo carijó teve folga no período da tarde, menos os jogadores que estão entregues ao DM. O zagueiro Rodrigo Rizo, o volante Xipote e o ala Cristiano fizeram exercícios físicos com o preparador Sérgio Antunes. Destes, Cristiano já calçou chuteiras e realizou todos os movimentos sem sentir tanta dor como nos últimos dias. “O local ainda está dolorido, mas a cada dia a dor está diminuindo e estou convicto que estarei em campo no domingo, para ajudar os companheiros a buscar essa vaga”, confia o ala-esquerdo. Xipote trabalha para readquirir o condicionamento físico ideal. Em Porto Alegre, no último domingo, diante do Cruzeiro, ele esteve em campo, mas havia passado a semana sem treinar, devido a uma pancada no joelho na rodada anterior. O volante foi um dos que sentiram o cansaço no fim da partida em que o Galo sofreu 3 a 0 do Estrelado. “Estou otimista que estarei à disposição do professor. Meu desejo é participar do coletivo de sexta-feira”, diz Xipote. O principal problema de Edinho é na defesa. Rodrigo Rizo fez exercícios ontem, mas ainda sente dores no tornozelo. Paulo César, o titular do trio de zaga, está fora da partida com uma lesão na panturrilha. É da resposta dos médicos alvinegros que depende a realização do coletivo apronto na tarde de hoje. Se receber a garantia de que amanhã pela manhã algum dos lesionados estará liberado, Edson Porto deve esperar para definir o time titular. Caso contrário, ele arma a equipe com quem estiver disponível na tarde dessa sexta-feira. No sábado, após a última movimentação na parte da manhã, o grupo carijó almoça e inicia a concentração.

INGRESSOS Ainda há ingressos antecipados para o duelo de domingo. Eles podem ser encontrados no Estádio dos Plátanos, Posto do Galo, Multisom e Grêmio Mania pelo preço de R$ 40,00. A meia-entrada, a R$ 20,00, vale para estudantes com carteirinha atualizada e idosos acima de 60 anos, e não 65 como o clube havia informado anteriormente. No dia, os bilhetes irão custar R$ 50,00 e R$ 25,00 respectivamente.

Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

quarta-feira, 6 de abril de 2011

FARROUPILHA 1X1 GUARANY - BG

Crédito da foto : FUTEBOL ON LINE - Beto Vetromille
Um primeiro tempo de melhor imposição do Tricolor Fragatense.
Mesmo sofrendo um gol cedo, aos 2'30" numa jogada do Guarany que envolveu a defensiva do Farroupilha, Marcelinho botou nas redes a primeira oportunidade da partida.
A partir daí, o Farroupilha tomou mais espaço no campo ofensivo, criando diversas chances de gol,mas nada de a bola entrar.
O Guarany utilizava o contra ataque como arma de tentar ampliar o placar de 1x0 a seu favor.
Aos 32', Aládio fazia justiça no placar com o gol de empate (1x1), aproveitando o escanteio levantado da direita por Juninho.
O destaque do primeiro tempo ficou por conta do atacante Juninho do Farroupilha, de muita habilidade técnica, boa velocidade e auotr de lances de ataque na armação e conclusão .
O segundo tempo não foi o esperado para o Tricolor, pois o Guarany saiu mais para o campo de ataque, e igualou àquilo que o Farroupilha tinha produzido na primeira etapa, inclusive criando uma das melhores oportunidades de gol, com o cabeceio de Bonaldi no levantamento de escanteio, batendo no travessão da meta do Farroupilha.
Luciano Correa disperdiçou mais duas chances de batida na entrada da área do Tricolor, e mesmo com mais atacantes no equipe, o Farroupilha parou nas limitações físicas e de opções táticotécnicas para que Luzinho Vieira pudesse melhorar a produção do time na etapa derradeira.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

O DIA DE MILAR - LEMBRANDO O ÍDOLO ...

  • Nome completo: Roberto Cláudio Milar Decuadra
  • Posição: atacante
  • Nascimento : Montevideo/URU 06/04/1974
  • Falecimento : Canguçu 15/01/2009
  • Jogou no Brasil de : 2002 a 2009
  • Jogos: 207
  • Gols: 111
  • Cláudio Milar não foi apenas um ídolo no Brasil, ele se transformou em mártir vestindo a camisa rubro-negra.

    Site http://www.gebrasil.com.br/

    HOMENAGEM DO BLOG OPINIÃO INDEPENDENTE
    Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

    terça-feira, 5 de abril de 2011

    TEMPO INSTÁVEL NA BAIXADA

    Sendo objetivo , nota-se uma insatisfação, nem tão velada, por parte alguns dirigentes do G.E.Brasil , quando de suas manifestações pela imprensa.
    O diretor de futebol , Paulo Cunha , já foi além - disse que teve atrito de opinão com o técnico Hélio Vieira.
    O presidente André Araújo, ou demonstrou falta de convicção na escolha do comandante do time, ou desconhecimento de futebol, quando , no domingo, em entrevista á Rádio Universidade, comentou que " o Hélio está sendo avaliado", demonstrando dificuldades em perceber se gosta ou não daquilo que está sendo realizado pelo técnico.
    Sabidamente, a melhor , e mais altiva entrevista nessa TORRE DE BABEL XAVANTE foi expressada pela maturidade de Elzaide Lahn, o Peto, quando harmonizou essas manifestações, porém deixando claro que diferenças opinativas existem.
    Cláudio Montanelli e Homero Klauck estão a favor de uma maior tranquilidade para que a Comissão Técnica possa levar adiante esse aproveitamento na tabela de clasificação.
    Hoje, o Brasil é líder isolado de sua chave, com 17 pontos, sendo a segunda melhor campanha da Segundona em relação aos resultados..
    O mais engraçado disso é que a frase mais ouvida dentro do Brasil e no futebol fala sobre ser o resultado o mais importante.
    Contratações
    É claro e visto que erraram , de novo, em alguns nomes que foram contratados para a formação do grupo de jogadores. Mas faz parte de qualquer planejamento estabelecer um momento de ajustes e correções durante a execução dessas atividades.
    Não vejo como solução mexer na Comissão Técnica, que foi definida pela própria direção xavante como TENDO A CARA DO XAVANTE!
    O que está errado é a forma como estão demonstrando instisfações e desagrados pessoais sobre alguns resultados , mais por debates internos dessas opiniões , do que ,verdadeiramente, pelo simples fato do trabalho em si.
    QUEREM IMITAR O CAXIAS ?
    Técnico Lisca
    Agora, apaixonaram-se pelo Lisca.
    Foi demitido do Caxias há um tempo , por razões semelhantes ao que estão demonstrado nas manifestações das entrevistas. Lá , em Caxias, o presidente Osvaldo Voges, tinha diferenças pessoais com o ex técnico grená, dito pelo próprio Lisca em entrevista ao site Clic RBS, após sua saída da equipe serrana.
    Mudaram o técnico e vejam o que está acontecendo com o time no Gauchão?
    Goleadas e derrotas constantes , com mais de 15 gols sofridos só na Taça Farroupilha.
    A solução apresentada foi a interinidade de outro profissional do clube caxiense.
    Agora, o Caxias arrependeu-se e voltou a lembrar o nome de Julinho Camargo, também demitido no início da temporada , no Caxias.
    MATURIDADE , JÁ !
    Está na hora de alguém tomar as rédeas na Baixada e declarar uma equalização dessas opiniões externas, antes que a crise seja definidora de uma queda de produção na Segundona, e piorar mais com horizontes de Série C , coisa distante da Baixada , ainda numa primeira fase de competição regional.
    Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

    segunda-feira, 4 de abril de 2011

    HOJE - 6 MESES DO FUTEBOL ON LINE NA ALFA FM

    SONHOS E DESAFIOS – Uma questão de coragem.

    Um dia acordamos desejando criar e realizar algo novo.

    Os desafios que a vida nos impõe , são , por vezes, agentes motivadores dessas etapas de superação na busca pelo melhor espaço , onde possamos desenvolver nosso potencial de trabalho .

    O receio do novo sempre existe. Preocupa. Nos causa dúvidas. E talvez por isso, conseguimos superar essas limitações e sair à luta.

    Foi assim, de uma certa forma , que o projeto nasceu.

    Um novo espaço no rádio de Pelotas estava aberto.

    A Rádio Universidade 1160 AM, tradição em falar de futebol há 44 anos , lincava seu áudio com sua irmã caçula, a Rádio Alfa FM 94,5MHz nas transmissões esportivas.

    Aproveitando a modernidade, marca registrada da direção desta emissora, fui buscar uma idéia , a qual refleti , o quanto seria o momento , e qual a maneira de fazer algo apenas diferente no rádio esportivo .

    Nada de rotular o “melhor e pior”, e nem sequer pensar em qualquer outro tipo de comparação.

    O espaço existia e bastava que fosse trabalhado. E isso não faltou , desde aquele mês frio de agosto de 2010 até hoje, passo à passo, saindo na busca de novas idéias para evoluir esse projeto.

    Alcides Ribeiro , diretor administrativo da emissora, foi sensível em acreditar que poderia avaliar , junto ao professor José Maria Maques da Cunha, nosso diretor geral, uma nova idéia de se fazer futebol no rádio em freqüência modulada - FM.

    Aprovaram, e deram a ” bandeirada verde” para o começo de tudo.

    Alguns amigos ,os quais prefiro não citar nomes, evitando esquecer alguém, foram sensíveis em trocar algumas idéias , para que o modelo pudesse ser definido.

    Confesso, que ao longo dos dias , do que foi imaginado, muito permaneceu. Estão escritos no projeto, e aos poucos sendo implementados.

    Assim nascia o Projeto Futebol On Line – O Futebol na Alfa FM

    O dia chegava...

    Era segunda feira, 04 de outubro de 2010, apenas três dias após comemorarmos os 31 anos da Radio Alfa FM, que desde 1979, foi a pioneira na zona sul à transmitir na nova freqüência de rádio. Inovação sempre foi a tradição de pioneirismo da direção e funcionários da R.U. / AM, repassando seus avanços para o FM. A partir dali, a ALFA era a marca registrada de mais um investimento promissor.

    Na conduta desse trabalho mantenho meu pensamento focado sobre o fator mais importante de tudo , ou seja, a humildade de saber escutar aos que nos escutam , e fazer desse dia a dia o feedback para tudo aquilo que deverá ser melhorado.

    Futebol On Line – Coragem de sonhar; coragem de quem dirige e soube apoiar; coragem dos que entenderam e valorizaram esse empreendimento.

    Agradeço à todos os que nos acompanham e nos incentivam com mensagens , ligações e contatos diversos , mostrando que o PROJETO FUTEBOL ON LINE não nasceu por acaso, desejando permanecer no ar pelo tempo que assim se fizer necessário.

    Beto Vetromille

    Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

    Últimos Acessos nas 24h

    Presidente Novelletto FGF

    Presidente Novelletto FGF

    Paulo Paixão

    Paulo Paixão

    Dr. José Raymundo

    Dr. José Raymundo

    Árbritro Jean Pierre Lima

    Árbritro Jean Pierre Lima

    Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

    Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

    Técnico Dunga

    Técnico Dunga

    Juan - zagueiro

    Juan - zagueiro