segunda-feira, 7 de setembro de 2015

LOBÃO - A BUSCA PELA ESTABILIDADE EM CAMPO

Por Beto Vetromille

Foto - Divulgação 
No último confronto do EC Pelotas ,sábado dia 05/09, válido pela Copa Valmir Louruz, contra o Internacional sub-23, jogando fora de casa, no estádio Morada dos Quero-Queros, a equipe de Paulo Porto sofreu nova derrota. O Pelotas saiu vencendo o jogo com o gol de Giovani Rosa aos 10 minutos do primeiro tempo, mas cedeu o resultado no segundo tempo, com dois gols do Inter, de Alex Santana aos 22 minutos e Bruno Baio aos 35 minutos fechando o placar. 

É fato que, nesta mesma competição, o time Áureo-Cerúleo venceu o Lajeadense por um placar dilatado de 3x0, dentro da Boca do Lobo, na rodada anterior.

Com os demais resultados da rodada, o Pelotas caiu para a terceira posição na tabela do Grupo Zona Sul com os mesmos 7 pontos. O líder segue sendo o São José com 10 pontos, seguido pelo Inter , que assumiu a segunda colocação com a vitória , com 8 pontos. O Lajeadense tem 4 pontos,m as folgou nesta rodada. O Farroupilha somou um ponto, indo para 3 na tabela no empate do sábado contra o líder Zequinha. Porém, o Tricolor ainda segue na lanterna da chave. 

Na próxima rodada, quarta-feira(13), às 15 horas, haverá novo clássico FARPEL, desta vez na casa do Farroupilha pela mesma Copa regionalizada.

OBJETIVO
A direção do clube sempre afirmou que esse semestre serviria de base , ou mesmo, ''laboratório'' para observações dentro do grupo de jogadores visando o ano de 2016, quando o foco maior do Pelotas é a Divisão de Acesso. Dentro desta ótica , é razoável perceber que tal instabilidade possa acontecer. 

Outro aspecto fundamental a se avaliar é a variação de rendimento nos jogos , muitas vezes , justificadas nas coletivas , após resultados adversos. 
Algo do gênero:  " fomos mal no primeiro tempo, mas melhoramos no segundo...", e vice versa. 

ACERTAR O PONTO 
Encontrar o ponto de equilíbrio - isso é o que o técnico deverá tentar atingir dentro desse semestre, podendo até, mudar novamente o grupo para o ano que vem. Os testes que estejam sendo feitos precisam estar aprofundados, mostrando as fragilidades técnicas e táticas dos atletas que não estejam correspondendo ao trabalho nas competições.

Quanto mais cedo Paulo Porto puder ajustar a equipe, melhor para que a direção possa traçar o novo planejamento de 2016. Ganhar ou não alguma taça nesse semestre passa ao lado do objetivo maior de subir de divisão no Gauchão.

Por isso, o Departamento de Futebol deve estar atento e em linha direta com a Comissão Técnica para que , a cada jogo, no relatório de avaliações, sejam elencados todos os problemas identificados no atual desempenho, para que no próximo período de contratações e/ou renovações para a disputa da Série A², não sejam repetidos.

Nenhum comentário:

Últimos Acessos nas 24h

Presidente Novelletto FGF

Presidente Novelletto FGF

Paulo Paixão

Paulo Paixão

Dr. José Raymundo

Dr. José Raymundo

Árbritro Jean Pierre Lima

Árbritro Jean Pierre Lima

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnico Dunga

Técnico Dunga

Juan - zagueiro

Juan - zagueiro