segunda-feira, 2 de julho de 2012

CBF : Por unanimidade, Marco Polo Del Nero é eleito novo vice-presidente

Marin e Del Nero
Marco Polo Del Nero é o novo vice-presidente da CBF. O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF) foi eleito por unanimidade representante da região Centro-Sul (formada pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro) na vice-presidência da entidade.

A eleição de Del Nero foi confirmada nesta sexta-feira em assembleia realizada pela CBF no Rio de Janeiro. Compareceram à reunião 27 representantes de federações estaduais de futebol, além de dirigentes de 19 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro.

Del Nero foi candidato único. A candidatura do ex-técnico Zagallo, que chegou a ser anunciada pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), acabou não sendo apresentada. A Ferj, inclusive, foi a entidade que oficialmente propôs a candidatura de Del Nero. Essa candidatura foi referendada por todas as federações estaduais.

Com a eleição para vice-presidente da CBF, Del Nero ratifica sua posição como um dos cartolas mais influentes do futebol nacional. Além de fazer parte da FPF e da CBF, ele é membro do comitê executivo da Fifa e da Conmebol, do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL) e do conselho do Palmeiras.

Com 71 anos, Del Nero torna-se também o primeiro na lista de sucessão da presidência da Confederação Brasileira de de Futebol (CBF) caso o atual presidente, José Maria Marin, deixe o cargo. Isso acontece porque ele é o vice mais velho entre os cinco existentes na CBF.

Del Nero, aliás, é bem próximo a Marin. Foi ele quem levou o atual presidente da CBF para a entidade, indicando-o a vice-presidente. Nesta sexta-feira, logo após o anúncio da eleição de Del Nero, Marin deu seu apoio ao aliado. "Somos amigos. Será muito importante a presença dele aqui na CBF pela sua capacidade e pelo trabalho que tem feito pelo futebol", afirmou Marin.

Na mesma entrevista, Marin negou a possibilidade de deixar a presidência da CBF para passar o posto para Del Nero. "Não vou deixar a presidência, mas, se precisar me afastar, estarei confiante e tranquilo porque estará aqui um homem de confiança e capacidade."

Em seu primeiro discurso como vice-presidente da CBF, Del Nero disse que estava emocionado e afirmou que pretende continuar trabalhando em defesa dos clubes, assim como tem feito na FPF. "Eu gosto de trabalhar pelo futebol. Não só pelo futebol paulista, mas também por todo futebol brasileiro."

Logo depois, em entrevista coletiva, Del Nero deixou em aberto a possibilidade de acumular o cargo de vice-presidente da CBF e a presidência da FPF. O estatuto da CBF permite que seus vice-presidentes tenham os dois cargos simultaneamente por até 180 dias. Entretanto, uma manobra pode garantir o direito de Del Nero ficar virtualmente na diretoria das duas entidades indefinidamente.

Isso porque a cada vez que ele se afasta de um dos cargos que ele ocupa na FPF ou na CBF, ele ganha mais 180 dias de prazo para acumular os dois postos. Assim, ele pode ficar nos dois cargos por seis meses, se licenciar de um deles por um dia e voltar a acumulá-los por mais seis meses. "Vou esperar o prazo e aí vou ver o que vou fazer", afirmou Del Nero, que considera todas as possibilidades estatutárias.

Nenhum comentário:

Últimos Acessos nas 24h

Presidente Novelletto FGF

Presidente Novelletto FGF

Paulo Paixão

Paulo Paixão

Dr. José Raymundo

Dr. José Raymundo

Árbritro Jean Pierre Lima

Árbritro Jean Pierre Lima

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnicos Cuca e Edson Gaúcho

Técnico Dunga

Técnico Dunga

Juan - zagueiro

Juan - zagueiro