A BOLA ROLA, MAS O FUTEBOL NÃO MUDA...

NENHUMA NOVIDADE
Na tarde desta sexta feira, a direção de futebol, representada por Jorge Bopp, juntamente, com o presidente Luiz Aleixo, acompanhados pelo técnico Itamar Schulle, anunciaram que haverá nova mudança no comando técnico da equipe para o Gauchão 2011.
Na instabilidade que o clube passou, após a saída de Beto Almeida, a direção não tinha um horizonte definido em relação a essa sequência.
Veio Círio Quadros, que , embora reconheça sua capacidade de trabalho, pegou um time desajustado pela saída do ex técnico, e ainda com uma decisão a ser realizada pelo nacional da Série D.
Não conseguiu recuperar essa situação.
Contrataram, então , Itamar Schulle, que tem apoio de alguns dirigentes do clube, que já o conheciam desde o seu trabalho no Xavante, em 2008.
Em meio a mais turbulências dentro do clube áureo cerúleo, Itamar via seu grupo sendo reduzido após cada jogo.
Razões diversas , apresentavam os profissionais , para deixarem a Boca do Lobo.
Até o diretor executivo, Jorge Bopp, afastou-se por um período, devido à problemas particulares.
TRABALHO
Foi através dessa ferramenta, que Itamar Schulle definiu os rumos do time em campo. Aliado pelo grupo de jogadores, o técnico mostrou variações táticas, até mesmo, sendo obrigado a improvisar setores, mas tentando adequar e tirar o melho rendimento desse grupo opara os jogos decisivos. E conseguiu !
Itamar Schulle levou o Pelotas até a fase semifinal, permitindo , assim, a recuperação de um cenário de atividades em competição nacional, para que o clube possa desenvolver seu planejamento em um calendário cheio.
ELE JÁ SABIA
Desde a saída de Beto Almeida, as "repaixões" pelo técnico Gilmar Dal Pozzo, foram reacesas na Avenida.
Procuraram o técnico, que à época, estava empregado no E.C. Novo Hamburgo.
Sabendo disso, o clube Anilado reforçou o contrato com Dal Pozzo , prorrogando-o para o Gauchão 2011.
Embora tudo isso, a direção anilada não segurou os maus resultados, e demitiu Gilmar.
Isso já havia acontecido com ele no primeiro semestre, quando o rendimento do Veranópolis, o qual também foi comandado por Dal Pozzo, caiu no segundo turno da copetição.
Desde o jogo do Pelotas contra o E.C. Cruzeiro, no primeiro "mata mata" da Copa, Itamar soube que a direção do Pelotas tinha definido o nome do ex técnico do Noia , para ser novo técnico da temporada 2011.
Mesmo assim, Itamar jamais deixou " cair a peteca."
Manteve o discurso forte e motivacional para com seu grupo de atletas.
Trabalhou com que tinha.
Assimilou muitas críticas, inclusive de dentro da própria direção, que manifestava isso, em sigilosas conversas com setores da imprensa. Tanto, que alguns colegas expressavam informações de que o "grupo estava dividido" , " que não queriam o técnico", e todas aquelas práticas, por vezes, plantadas por próprias "fontes" internas do Pelotas. Mas isso faz parte do jogo.
Itamar sabia de tudo.
Permaneceu, e convenceu com atitude profissional.
VISÃO ATÉ A PONTE
Tem gente no mundo da bola, que pensa que só tem futebol até a ponte do Retiro.
Não enxergam o conteúdo do trabalho. Apenas se balisam por momentos de emoção e paixão, que mais serviriam aos clubes se permanecessem nas arquibancadas, torcendo, do que atuando nas direções.
CORRERAM COM O GILMAR ... E, AGORA, O QUEREM DE VOLTA
Não esqueci no final de 2008, quando Gilmar Dal Pozzo foi campeão da Lupi Martins com o Lobão, e queria permanecer , porÉm dentro de um projeto apresentado para a direção do clube. De novo, os visionários da bola, parecem não ter entendido o que ele queria.
Justificaram sálários altos, para que não permanecesse na Boca do Lobo.
O próprio Gilmar, desmentiu isso em entrevista à imprensa pelotense, dizendo que a diferença não era àquela dita pela diretoria do Pelotas.
A VERDADE
É que na verdade dos fatos, o Pelotas e sua diretoria queriam Beto Almeida para subir o Lobão. Mas como o salário pretendido por Almeida era alto, para comandar o time desde o começo da Segundona, arrastaram o tempo com Joel Cornelli e Beto Campos, que fez campanha invícta com dez jogos consecutivos, e mesmo assim, o derrubaram.
O FUTURO
Agora, a história quase que se repete. Mas é do futebol.
O certo é que o competente técnico Itamar Schulle já tem clube para trabalhar em 2011.
Será o E.C. São José do Passo D'Areia.
DESEJO
Boa sorte ao Itamar, que mais uma vez, passa pelo futebol pelotense estabelecendo uma marca de produzir resultados muito bons, permitindo que nossos clubes mantenham seu espaço no cenário nacional.
Blog Opinião Independente - Beto Vetromille

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BRASIL 1 X 0 INTER - E TABU QUEBRADO !

GE BRASIL ENCAMINHA SITUAÇÃO DO ATACANTE LUIS EDUARDO

UBERLÂNDIA /MG RECONHECE PROFISSIONAIS GAÚCHOS